Compartilhe nas suas redes

Pode me mandar por WhatsApp professor? Outro dia vi um colega comentando que teve que explicar para filha como mandar um e-mail. É que o professor havia pedido uma atividade e ela precisava enviar por este método, digamos, arcaico.
Mas como se apropriar desta ferramenta para o ambiente escolar? Seguem 5 dicas práticas:

1) O primeiro passo é criar um grupo. De acordo com o site da ferramenta podem ser adicionadas até 100 pessoas em cada um deles. Mas aconselho que sejam criados grupos por turmas. Neste link você confere informações completas sobre como os grupos funcionam.

2) Seja um moderador das discussões. Há uma grande chance do grupo ter conversas dispersas e podem ser publicados textos ou imagens não aderentes ao tema proposto. Por isso é importante uma mediação, conduzindo para um ambiente educacional virtual. Mas nunca impondo. O professor mediador é fundamental neste processo.

3) Canalize os temas. Como defendo sempre a ferramenta digital precisa ser canalizada. Então um tema discutido na escola pode ser a discussão do dia no grupo do WhatsApp. Pode ser passado um desafio para que todos resolvam no grupo.

4) Use como um tira dúvidas colaborativo. As dúvidas podem ser só postadas no grupo e o próprio grupo pode tirar a dúvida. Assim eles vão construindo conhecimento juntos.

5) Adiante a matéria. Assim os alunos chegam na sala de aula com o conhecimento nivelado.

Sei que isso pode parecer ao professor trabalho extra, mas ao mergulhar neste universo o processo de ensino-aprendizagem será mais efetivo e natural e cabe a cada profissional estabelecer seus limites de dedicação fora da sala aula.

Leia também  DM9DBB no coração dos jovens publicitários

E se tiver mais dicas ou cases de uso de WhatsApp em sala de aula compartilhe conosco seu conhecimento, assim vamos também aprendendo juntos
.