Um dos principais blogs de negócios e tecnologia do país

Como o celular Samsung S7 Edge e a Gear 360 me ajudaram na Trip do Armindo em João Pessoa

0 219

Para fazer a captação de todo material produzido na minha Trip em João Pessoa eu tinha uma premissa importante que era usar o mínimo de equipamento possível, mas que mesmo assim pudesse dar conta do recado dos quase 9 dias de produção. E sim isso incluiu fotos, vídeos, stories e lives. Só para o leitor ter uma ideia foram mais de 10Gb de vídeos captados e cerca de 800 fotos.

Samsung S7 Edge – Guenta o tranco viu

Eu fui num período chuvoso em João Pessoa, além de visitar várias praias. Para isso o fato do S7 ser totalmente selado ajuda com chuva e poeira. Eu consegui gravar debaixo de uma chuva moderada e várias na praia com dano zero ao aparelho. Na verdade passada a chuva era só passar um pano seco e o celular tava pronto para a outra. Apesar da frente do aparelho inteira ser feita de tela, a impressão que a gente tem ao usar o aparelho é que ele é muito robusto e o acabamento do aparelho é muito resistente.

E ele sofreu comigo nas dezenas de lugares que eu gravei. Vai pro bolso, sai do bolso, vai pra mochila, pro tripé, pro pau de selfie, volta pro bolso e lá tava ele firme e forte.

Outra coisa que me ajudou demais na viagem foi a duração da bateria e o carregamento rápido. Como o leitor deve prever como creator eu fiz um uso bem atípico do celular e portanto a bateria não chegava a durar um dia, mas o fato dele carregar rapidinho era uma mão na roda. Ano passado na minha primeira Trip do Armindo foi onde eu mais sofri. As baterias de celular não davam conta.

Leia também  , Samsung oferece descontos em eletrodomésticos para consumidor renovar sua casa neste final de ano

Eu levei um notebook e um cartão extra de memória para descarregar os vídeos e fotos mas nem precisei. Na verdade só fiz isso para ter um backup. Isso porque a memória de 32Gb dá conta do recado. Deu pra gravar meus 10gb, as 800 fotos e ainda sobraria espaço para mais uns 5 dias de trabalho.

Eu só demorei um pouco, coisa de um dia, para me acostumar com a tela que ocupa 100% da frente do celular. Vira e mexe eu me enrolava com a tela touch, mas que realmente passa depois que você se acostuma.

As fotos são muito nítidas e o S7 se vira bem até em situações de pouca luz e o ajuste de foco manual ou automático ajuda demais a definir o objeto principal e até valorizar um ou outro plano. Olha ali como dá pra ver a chuva ao fundo chegando.

 

como o celular samsung s7 edge e a gear 360 me ajudaram na trip do armindo em joão pessoa -  - Como o celular Samsung S7 Edge e a Gear 360 me ajudaram na Trip do Armindo em João Pessoa

 

como o celular samsung s7 edge e a gear 360 me ajudaram na trip do armindo em joão pessoa -  - Como o celular Samsung S7 Edge e a Gear 360 me ajudaram na Trip do Armindo em João Pessoa

Como lançamento do S8 a não ser que você faça muita mas muita questão de um celular topo de linha recém-saído, o S7 Edge acabou ficando com um custo benefício bem atrativo. Eu fiz uma pesquisa e achei o aparelho em magazines conhecidos por cerca de R$ 2 mil pra você ter esse belo aparelho. Já para o S8 você gastaria pouco mais de R$ 1 mil extras (numa pesquisa rápida que eu fiz acha-se por volta de R$ 3 mil).

Gear 360 (2016)

como o celular samsung s7 edge e a gear 360 me ajudaram na trip do armindo em joão pessoa -  - Como o celular Samsung S7 Edge e a Gear 360 me ajudaram na Trip do Armindo em João Pessoa

É impossível não ser notado com a  Gear 360 (2016) ela tem o formato de uma bolinha, coisa mais linda, e é essa bolinha que carrega uma camera de cada lado com abertura de 180 graus fazendo a fusão em 360º.

Ela vem com um mini tripé mas na minha experiência o melhor uso mesmo é com um pau de selfie. Outra coisa importante de se notar é que você sempre estará em cena como todos ao seu redor, então, é um jeito diferente mesmo de se pensar as fotos e a estratégia para tirar elas. Além de fotos 360 a Gear também faz filmes nessa modalidade ou na versão 180º se tornando uma imponente concorrente para as câmeras de ação mais tradicionais.

Leia também  Samsung lança LynkTM Reach, sistema de TV Hoteleira exclusivo para o segmento

A operação dela é muito simples e o segredo está em parear corretamente com o bluetooth do celular pela primeira vez e ai depois é só ligar a câmera e um app nativo da Samsung faz todo o gerenciamento. Depois é só compartilhar nas redes sociais. O Facebook e o Youtube são os que tem o compartilhamento mais tranquilo de acordo com a experiência que eu tive. E vale tirar todas as fotos primeiro para subir depois com calma em casa ou no meu caso no hotel. Assim é certeza de ficar tudo em ordem.

Olha só alguns testes que eu fiz.

Publicado por Armindo Ferreira en sábado, 22 de julio de 2017

 

Publicado por Armindo Ferreira en sábado, 22 de julio de 2017

 

Numa pesquisa rápida na internet eu achei a câmera por cerca de R$ 2 mil então ela é indicada para quem viaja muito ou curte esportes radicais ou ainda quer buscar uma nova experiência em captação de imagens.

 

Blog do Armindo usou os equipamentos emprestados pela Samsung do Brasil.

como o celular samsung s7 edge e a gear 360 me ajudaram na trip do armindo em joão pessoa - pinit fg en rect red 28 - Como o celular Samsung S7 Edge e a Gear 360 me ajudaram na Trip do Armindo em João Pessoa

Deixe uma resposta