Um dos principais blogs de negócios e tecnologia do país

ITA anuncia mudanças significativas no vestibular 2018

0 96

Estão abertas até 15 de setembro as inscrições para o concorrido e almejado curso de graduação de Engenharia do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), considerado uma das melhores instituições de ensino superior no País. E, neste ano, há algumas mudanças significativas com relação a concursos de anos anteriores, de acordo com Thiago Cardoso da Costa, coordenador da Turma ITA do Curso Poliedro.

A principal alteração diz respeito à distribuição das vagas disponibilizadas. Segundo ele explica, para o ingresso no ITA, os candidatos precisam decidir entre duas opções de vagas: ordinária ou privativa. As ordinárias são as destinadas aos candidatos que não têm interesse em ingressar no Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa da Força Aérea Brasileira, enquanto as vagas privativas são destinadas exclusivamente àqueles que têm interesse em ingressar na carreira militar no Quadro de Oficiais Engenheiros da Ativa da Força Aérea Brasileira (QOEng).

No entanto, anteriormente, essa opção não influenciava na classificação final para o vestibular. Por exemplo, a última edição do vestibular disponibilizou 110 vagas, e os aprovados eram os 110 melhores colocados, independentemente da escolha entre vaga ordinária e vaga privativa.

Para o Vestibular 2018, essa dinâmica se altera. Serão disponibilizadas também 110 vagas, mas separadas da seguinte forma: 85 vagas ordinárias e 25 privativas. Uma vez feita a escolha, no ato da inscrição, o candidato concorrerá somente com aqueles que tiverem realizado a mesma opção em relação às vagas.

“Isso significa que haverá duas listas de classificação diferentes e, possivelmente, notas de corte diferentes para cada uma das modalidades – ordinária e privativa”, aponta Cardoso da Costa. Essa prática já existe no vestibular do Instituto Militar de Engenharia (IME), no qual todos os candidatos fazem as mesmas provas no vestibular, mas concorrem a vagas diferentes, de acordo com a opção feita.

Leia também  Texliving na FIMMA Brasil 2017

Além da mudança com relação à distribuição das vagas, verifica-se a definição de que para o aluno optante pela vaga privativa, caso decida desistir da carreira militar, ele será desligado também do ITA. “Sendo assim, a escolha está vinculada à permanência no ITA. Trata-se também de uma novidade, pois historicamente o ITA apresentava certa flexibilidade para casos em que os alunos solicitavam a troca de opção de carreira”, comenta o coordenador do Curso Poliedro.

Preparação para o ITA

Outro ponto importante do edital diz respeito à divulgação da lista de obras literárias de leitura recomendável. São elas: Senhora, de José de Alencar; Quincas Borba, de Machado de Assis; São Bernardo, de Graciliano Ramos. Das seis questões de Literatura Brasileira contidas na prova de Português, haverá três questões, uma para cada uma dessas obras de ficção. As outras três questões serão de interpretação de poemas de autores brasileiros, que serão reproduzidos na prova.

A preparação dos candidatos, todavia, não deve ser afetada.Segundo o coordenador do Curso Poliedro, o aspirante a uma vaga no ITA deve continuar seus estudos com bastante foco e disciplina, incluindo em sua rotina a leitura dos livros de Literatura recomendados pela banca do vestibular.

Além disso, a decisão pela carreira (vaga ordinária ou privativa) deve ser realizada levando em consideração o real interesse do aluno, e não especulações que possam surgir sobre as notas de corte de cada opção. “É recomendada a leitura integral das instruções, para que o candidato conheça todas as mudanças para o Exame de Admissão 2018”, ressalta Cardoso da Costa.

Como funciona o vestibular do ITA

Localizado em São José dos Campos (SP), o ITA é considerado uma das mais renomadas universidades do país, sendo referência nas seis especialidades que disponibilizam vagas – eletrônica, civil-aeronáutica, computação, aeronáutica, mecânica-aeronaútica e aeroespacial.

Leia também  Anhanguera de Jacareí anuncia novos cursos

Para ingressar no Instituto, é necessário que o candidato tenha concluído o Ensino Médio ou esteja no último ano do colegial e tenha, no máximo, 23 anos de idade no ano do vestibular.

Para não ser desclassificado no vestibular, a nota mínima é de 40 pontos por matéria e 50 pontos de média geral, em uma escala de 0 a 100. Além disso, o candidato não pode zerar a redação e precisa acertar, no mínimo, 8 questões em 20 possíveis na prova de Inglês.

O vestibular é extenso e exige foco dos candidatos. As provas acontecerão nos dias 12, 13, 14 e 15 de dezembro deste ano. A cada dia ocorre uma prova específica das matérias Física, Português/Inglês, Matemática e Química.

O candidato pode encontrar mais instruções para o vestibular em http://www.vestibular.ita.br/

Sobre a Turma ITA do Poliedro

A Turma ITA do Curso Poliedro foi criada para preparar os candidatos aos vestibulares do ITA, IME e demais importantes faculdades de Engenharia. Está presente nas unidades do Poliedro em São José dos Campos (SP) e na Vila Mariana, em São Paulo. No Rio de Janeiro, o Poliedro conta com a Turma IME-ITA. Com uma carga horária adequada às exigências dos concursos e um clima cooperativo de aprendizado, as disciplinas são abordadas de modo aprofundado por um experiente time de professores.

ita anuncia mudanças significativas no vestibular 2018 - pinit fg en rect red 28 - ITA anuncia mudanças significativas no vestibular 2018

Deixe uma resposta