Um dos principais blogs de negócios e tecnologia do país

Como chegar? Onde comer? Confira os hacks de quem já foi em todas as CCXPs

1.166

Sim senhoras e senhores eu já posso me considerar um veterano de CCXP tendo ido em todas as edições até agora e posso garantir uma mais épica do que a outra.

E com tanto tempo de evento já me sinto confortável para dar um help para você aproveitar bem o evento. Vou tentar sair das dicas tradicionais e dar alguns hacks para você se dar bem no evento. Hacks sempre do bem, claro.

ccxp2 como chegar? onde comer? confira os hacks de quem já foi em todas as ccxps -  - Como chegar? Onde comer? Confira os hacks de quem já foi em todas as CCXPs

O Local – como chegar e de que jeito chegar

via GIPHY

Se eu puder te dar uma dica valiosa mesmo é saia bem antes de casa. Perto da CCXP abrir aquilo fica um inferno de lotado nos arredores e pode ser que você passe mais de uma hora trancado no carro ou no carro compartilhado que você escolheu. O evento fica no SP Expo, como você já deve ter visto no site. 

Chegando lá com certeza a fila já estará se formando. Garanta algum entretenimento como uma HQ ou livro pra ler. Eu acho que o melhor jeito de chegar lá é ir de metro até a estação Jabaquara e de lá pegar o transfer gratuito para o evento. É bem provável que tenha uma bela fila, mas sobre isso falaremos a seguir.

E se você não faz questão de ficar cada segundo no evento eu aconselharia você evitar os horários de pico que são a abertura e o encerramento. Depois de umas duas horas da CCXP aberta a chegada é bem menos tumultuada.

Indo de carro lembre que você vai pagar o estacionamento do São Paulo Expo, no site da empresa está dizendo que o valor está em R$ 45,00(12 horas), mas é sempre bom conferir antes porque eles podem mudar sem aviso prévio. E aqui mais uma dica de ouro: verifique a possibilidade de pagar antecipadamente o estacionamento. Na hora da saída as filas dos caixas são extensas e você já estará cansada então um problema a menos.

Filas: sim elas existem e são muitas

via GIPHY

Esqueça esse negócio de “ai aqui no Brasil”. Tem fila nas outras ComicCons do mundo, tem fila na Disney, vai ter fila aqui também: lide mesmo com isso. Um ponto péssimo das filas daqui é que as empresas poderiam se preocupar mais com o entretenimento de quem está nelas. Mas minha aposta é que não vai rolar, eles só vão deixar você na fila mesmo e não tem o que fazer. Aliás a minha principal crítica aos expositores é que eles precisam cuidar mais das pessoas nesses momentos.

Por isso pense bem em quais filas vale a pena estar. As filas te tiram das outras atrações. E aí existem duas estratégias para você lidar com isso.

  • Assim que você chegar no evento faça um reconhecimento geral andando pelos eixos X e Y da feira até ter olhados todos os stands e todas as atrações. Se você chegar logo na abertura faça o caminho contrário da galera. Vá ao extremo oposto da entrada e venha voltando. Assim você evita faz o caminho inverso de quem está chegando.
  • Se programe antes e já deixe anotado as atrações que quer ver. Eu não gosto muito disso porque chegando lá a realidade é sempre outra.

Mas se você prestou atenção nas dicas acima você verá que a palavra-chave aqui é planejamento. Só entre nas filas que vão realmente valer a pena.

Eu particularmente quase não entro nelas e prefiro ficar perambulando pelos espaços e tirando fotos com os itens em exposição.

Seu kit de sobrevivência tem que ter garrafinha de água, carregador extra de celular e uma mochila

via GIPHY

Estar hidratado durante o evento é importante. Nos últimos anos tinha bebedouros que você podia recarregar as garrafinhas, então bora levar uma.

Você irá precisar de um local para guardar seus espólios da CCXP. Há muitos adesivos, posters, copos então a mochila irá servir bem para isso.

Vai ser muito raro você conseguir uma vaga nos carregadores de celular, então leve baterias extras, elas vão te salvar. Lá só o 4G na causa e eu uso o da Vivo que costuma não me deixar na mão. 

Uma dica extra talvez fosse levar alguma fruta fresca, mas com o calor e a condição de armazenamento eu vou nadar contra a maré e dizer que não é legal levar, porque pode estragar. Então vamos falar sobre comida na CCXP.

Onde comer na CCXP

via GIPHY

Há muitas opções de refeições na CCXP, mas nesse tipo de evento a comida não é barata. Paga-se facilmente R$ 30,00 num cachorro-quente ou pastel O que eu gosto de fazer é pagar um pouquinho mais e almoçar mesmo na CCXP, seja num self-service ou nos lugares que vendem pratos feitos com arroz bife e feijão.

Assim você não fica comendo lanches aos poucos durante o dia e a economia é maior no longo prazo. Então eu reservaria cerca de R$ 50,00 por refeição e lembre que ainda tem algumas coisas diferentes como raspadinhas, churros e crepes, energéticos. Pra você ficar bem e sem passar vontade vai facilmente uns R$ 150,00 durante o dia todo. Mas com R$ 50,00 dá pra se virar bem.

Comprinhas

via GIPHY

Apesar de existir quem diga o contrário nem tudo é barato e compensa na CCXP. Então você precisa pensar duas coisas importantes: a) há itens que você só encontrará na CCXP, então esses são como itens lendários; b) Há muita coisa que você vai achar na internet depois com um preço mais barato e vai passar raiva assim que descobrir.

Então a ordem aqui é garimpar e pechinchar. Mas o melhor dia mesmo pra fazer compras é domingo na última hora antes do fechamento da CCXP. Nessa hora os expositores vão querer levar de volta pra casa o mínimo de produtos possíveis então seu poder de barganha está com vários powers-ups. Eu mesmo já economizei mais de 50% com essa tática.

Um problema disso é que pode ser que no domingo seu item já tenha esgotado. Ano passado os itens do Harry-Potter mesmo sumiram como um passe de mágica (desculpe o trocadilho, mas as vezes eles são mais fortes que eu). Então se você for fã e realmente estiver apaixonado por um item e claro, não for ferrar seu orçamento para o resto do próximo ano – compre aquele item na hora que você viu, isso porque pode ser que ele não esteja mais lá depois.

Reserve uma graninha para gastar no  Artists’ Alley da CCXP. Assim você ajuda artistas locais e brasileiros a continuar fazendo seu trabalho incrível. A gente adora e dá muito dinheiro para os grandes estúdios, mas vale a pena deixar um pouco de divisas também com o talento nacional. E dá pra conseguir ilustras lindas, originais e assinados por valores muito atrativos.

O que vestir

via GIPHY

A CCXP respeita demais a diversidade então se tem um lugar que você pode ir a vontade é lá. Eu recomendo muito, mas muito mesmo, tênis confortável com meia de algodão grossa e alguma roupa que te deixe bem. Você vai andar muito, provavelmente sentar no chão ou na beirinha de algum stand. Então é pra ir pronto pra ficar numa boa.

Cuide das suas coisas mesmo

via GIPHY

Não tem segurança no mundo que vá dar conta de gente mal intencionada e as vezes tem. A culpa de um crime nunca é da vítima mas tome cuidado com o seu celular maneiro e a sua carteira (se possível leve só seu documento com foto e o dinheiro espalhados nos vários bolsos) e assim que perceber algo de errado avise os seguranças.

Não seja babaca com os cosplayers

via GIPHY

A maioria deles são fãs que as vezes usam trajes mais simples outros mais sofisticados e a praticamente todos vão te atender pra tirar fotos, porque eles são apaixonados pelo que fazem. Mas ainda valem as palavrinhas mágicas: com licença, por favor e obrigado. Na maioria esmagadora das vezes todos são muito atenciosos e pacientes para as fotos, mas eles não tem a menor obrigação de fazer isso.

As vezes as meninas usam roupas ou muito pequenas ou decotadas porque seus personagens homenageados são assim e não porque elas estão se exibindo para você e também não para serem tocadas ou abordadas de forma rude. Respeito e bom senso são fundamentais nessas horas.

Tenha o espírito de comunidade nerd/geek em mente

via GIPHY

A CCXP é um evento onde todos os nerds, geeks e toda sorte de denominações derivadas se encontra. Tem a galera que vai só pela modinha ou pelo hype? Tem. Mas em sua maioria são todos celebrando seus gostos pelos seus quadrinhos, séries, atores ou personagens preferidos.

Mas é no espírito de comunidade que todos se fortalecem. Alguém deixou uns minutos uma mochila em cima da mesa do seu lado, olhe a mochila da pessoa. Alguém pediu uma ajuda? Ajude. Achou uma carteira no chão? Entregue pra segurança. O mesmo vale caso você veja algo estranho.

Se você cuida e se preocupa com o outro e o outro cuida e se preocupa com você nossa comunidade sai mais fortalecida e o evento fica ainda mais épico.

como chegar? onde comer? confira os hacks de quem já foi em todas as ccxps - pinit fg en rect red 28 - Como chegar? Onde comer? Confira os hacks de quem já foi em todas as CCXPs

Leia também  Tye Sheridan e Simon Pegg, de Jogador Nº1, confirmam participação na CCXP

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.