Fui pegar Pokémons no Parque Santos Dumont: tá lindo de ver

0 645

Criado em 1971 – portanto bem antes de eu nascer – e levando o nome do pai da aviação duvido que os mais visionários da época da sua fundação iam imaginar que décadas depois o local seria tomado por vários pokestops e consequentemente por dezenas de caçadores de pokemóns ou se você prefere uma visão mais ortodoxa, tomada por jogadores do game Pokemón Go.

20160828 172616 Small - Fui pegar Pokémons no Parque Santos Dumont: tá lindo de ver

No jogo é preciso caminhar por locais para achar os bichinhos e os Pokestops são locais onde é possível recarregar itens consumíveis no jogo. Sabendo que no Santos Dumont há uma concentração enorme de Pokestops lá fui eu ver o local.

Receba novidades

E por mais que já tivessem me contado eu não acreditei quando eu vi a quantidade de pessoas lá. Eu não sei dizer o número mas acreditem é muita gente. E há de tudo casais mais velhos com seus filhos, nerds solitários e claro muitos, mas muitos jovens. Alguns até vestidos de Pokémons. Há alguns grupos sendo organizados no Facebook mas com o pessoal que eu conversei a maioria foi por conta própria.

Nos quiosques as tomadas são compartilhadas de forma comunitária e até rola um som pareado em caixas de algum celular.

20160828 172446 Small - Fui pegar Pokémons no Parque Santos Dumont: tá lindo de ver

Não se pegue pelo preconceito. São todas as idades saindo de casa para ir ao parque. Ah mas olhando pro celular. Sim mas no parque.

Ver jovens usando roupas de pokemón (tinha uma Super Girl lá também e outro que não consegui identificar), cabelos coloridos e muita atitude reunidos no parque me fez ficar tranquilo em relação às novas gerações. Passar a tarde num parque pegando pokémons e curtindo sua tribo numa boa me parece ser muito divertido.

E com tanta gente a experiência fica segura. É sem dúvida um novo jeito de se socializar e quando os times puderem se reunir de forma mais efetiva e as disputas jogador-conta-jogador puderem ser feitas em qualquer lugar aí sim teremos novas formas de interação social.

Santos Dumont era – como sabemos – um cara inovador – e ao contrário de muita gente mal-humorada ia ver com bons olhos e principalmente ficar feliz com a moçada indo no parque fazer uma atividade tão tecnológica e ao mesmo tempo em contato com a natureza. É uma turma que vai mudar o conceito de voar: coisa que ele fez em 1906.

Na dúvida vá lá ver essa moçada no parque. Tá bonito demais.

Receba novidades
Receba toda sexta-feira as principais novidades do Blog.
Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Deixe uma resposta