#KeepitOn: LUSH entra no cyberativismo conta bloqueios de internet

0 639

A LUSH é uma marca de cosméticos super do bem e tem produtos maravilhosos, entre eles os sabonetes divinos e os bath bombs, que são bombas de sais de banho que trazem sempre uma boa surpresa. A empresa tem uma vibe super do bem e são contra uso de animais em testes ou produção de fragrâncias e são vegetarianos em sua produção.

Mas não este não é um blog de beleza e nem vou falar das maravilhas estéticas da marca (mas que são boas) e sim de uma causa super super importante e que aí sim tem tudo a ver comigo e com o que eu acredito.

A Lush se une à Access Now para arrecadar £250 mil globalmente em apoio aos direitos digitais

Em tentativas de exercer controle sobre os cidadãos, líderes de governo ao redor do mundo instruem provedores de internet a bloquear ou restringir o acesso à internet, em diferentes ocasiões, especialmente redes sociais, durante protestos, eleições ou mesmo provas de escola. Estes bloqueios levaram a violações dos direitos humanos, onde serviços de emergência foram desativados, jornalistas foram censurados e a economia global e os negócios locais fortemente prejudicados.

Apenas em 2016, a organização de direitos digitais Access Now documentou mais de 50 bloqueios de internet ao redor do mundo. As pessoas estão sendo silenciadas, então é hora de ter voz ativa e agir!

Quebre o silêncio

De 25 de novembro a 07 de dezembro de 2016, a Lush uniu forças com a Access Now para a nova fase de sua campanha global #KeepitOn que luta pelo fim das decisões governamentais que pedem o bloqueio da internet.

Com início marcado para a Black Friday, a campanha #KeepitOn será lançada no website global da LUSH www.lush.com (no Brasil www.lush.com.br) em 40 países ao redor do mundo, onde as equipes e organizações trarão conteúdos esclarecedores sobre como a violação dos direitos digitais podem nos afetar, convidando os usuários e clientes a se juntar à causa, ao assinarem uma petição online pelo link http://www.accessnow.org/keepiton, pedindo aos líderes globais para manter a internet online (#KeepitOn).

No último dia da campanha, quarta-feira, 07 de dezembro, estas petições serão entregues pessoalmente aos líderes de governo no Fórum de Governança da Internet (Internet Governance Forum – IGF 2016), onde delegados da ONU estarão reunidos em Guadalajara, no México para discutir o futuro da internet aberta. Mais de 3 mil participantes do mundo inteiro vão participar do encontro, em um momento crucial para solicitar aos líderes voz ativa no combate aos bloqueios de internet.

Um banho de Liberdade

Error 404 é a bomba de sal de banho criada para combater os bloqueios de internet. Error 404 é a mensagem de erro que aparece no navegador quando há um bloqueio de internet, junto à frase “Página não encontrada”. O produto estará disponível em todos as lojas Lush e no e-commerce a partir da Black Friday, 25 de novembro de 2016.
A campanha #KeepitOn espera arrecadar globalmente £250.000 com o lucro deste produto de edição limitada. A verba conquistada, além de apoiar a Acess Now, será destinada para um Fundo Digital. Serão abertas inscrições para que organizações globais de ativismo digital, que lutam para manter a internet livre, aberta e segura ao promover políticas, advocacy e tecnologia para garantir uma comunicação segura e aberta, enviem suas aplicações para receber doações do fundo.
@LushLtd @accessnow @LushBrasil
#KeepItOn
Deji Bryce Olukotun, Gerente Sênior de Advocacy Manager da Access Now, diz “Os bloqueios de internet são alertas prévios de atrocidades. Eles bloqueiam serviços de segurança e previnem as pessoas de se comunicarem com seus contatos profissionais, amigos e familiares. Também prejudicam a economia – os bloqueios são avalanches que quebram os fundamentos de crescimento econômico, destruindo vidas e negócios ao longo do caminho. Governantes precisam passar esta mensagem e as empresas devem intensificar suas comunicações e compartilhar mais informações a respeito. Estamos entusiasmados com o fato de a Lush – uma empresa apaixonadamente dedicada à justiça social – dedicar sua energia e seus esforços para uma campanha tão importante e oportuna.
Jack Constantine, Chief Digital Officer da Lush, complementa: “A Internet se torna cada vez mais uma parte integral das nossas vidas e nós precisamos proteger esses novos direitos e garantir um aceso à internet justo e igualitário para todos”.

Eu já assinei a petição vamos nessa?

pinit fg en rect red 28 - #KeepitOn: LUSH entra no cyberativismo conta bloqueios de internet #keepiton: lush entra no cyberativismo conta bloqueios de internet - pinit fg en rect red 28 - #KeepitOn: LUSH entra no cyberativismo conta bloqueios de internet

Receba novidades
Receba toda sexta-feira as principais novidades do Blog.
Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: