Samsung anuncia vencedores da 5ª Edição do Prêmio “Respostas para o Amanhã”

A Samsung anuncia os vencedores nacionais da 5ª Edição do Prêmio “Respostas para o Amanhã”, iniciativa da empresa com coordenação geral do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. Os projetos escolhidos são de alunos da Escola de Ensino Médio Ronaldo Caminha Barbosa, do Ceará; da Escola de Referência em Ensino Médio Aura Sampaio Parente Muniz, de Pernambuco; e do IFRS – Campus Osorio, do Rio Grande do Sul. Os escolhidos foram selecionados por um júri especializado que levou em consideração o manejo dos conhecimentos de disciplinas de Ciências da Natureza e/ou Matemática e suas tecnologias e a aplicabilidade das propostas na resolução de problemas das comunidades locais.

samsung anuncia vencedores da 5ª edição do prêmio “respostas para o amanhã” -  - Samsung anuncia vencedores da 5ª Edição do Prêmio “Respostas para o Amanhã”

Do Ceará, o projeto vencedor foi “Reflexologia Experimental de Cencrus echinatus e Jatropha gassypiifolia no desenvolvimento de culturas-alvo da agricultura familiar”, que envolveu três professores e os 18 alunos de uma turma de 2º ano do Ensino Médio da E.E.M. Ronaldo Caminha Barbosa, localizada na cidade de Cascavel, e teve como foco as disciplinas Biologia, Matemática e Iniciação Científica/Tecnológica. A ideia da proposta é contribuir para uma produção agrícola familiar local e a consequente melhoria na produtividade de alimentos da comunidade. Para isso, os estudantes investigaram o potencial de ação de um bioestimulador de baixo custo, produzido a partir de extratos de plantas nativas da região, o capim carrapicho (Cenchrus echinatus) e pinhão roxo (Jatropha gossypiifolia). Os estudos apresentam resultados significativos em relação ao aumento da velocidade de germinação das sementes testadas: jerimum, feijão e melancia, que foram submetidas ao tratamento com o extrato misto desenvolvido.

 

Receba novidades

Centrado nos conhecimentos da disciplina de Biologia, o projeto “Estudo sobre o efeito larvicida do líquido da castanha de caju em mosquitos hematófagos” foi desenvolvido pelos 40 alunos de uma turma do 1º ano e três professores da Escola de Referência em Ensino Médio Aura Sampaio Parente Muniz, do município Salgueiro, Pernambuco. O foco de investigação do projeto é a produção de um larvicida natural à base do líquido extraído da castanha de caju que tem como principal finalidade o combate às larvas de Aedes Aegypti – mosquito que transmite, entre outras doenças, a zika, que acometeu em grande escala todo o País com muitos focos em Pernambuco. Os estudantes realizaram pesquisas para fundamentar a proposta e buscaram parcerias com engenheiro agrônomo, biólogo e farmacêutico para suporte técnico-científico. Os testes preliminares apresentaram resultados significativos que indicam a hipótese dos estudantes quanto ao potencial larvicida do extrato produzido a partir da castanha do caju.

 

Por fim, o “Estudo sobre o BCA: biossorvente da casca de arroz para remoção de metais da água de poço do litoral norte gaúcho” integrou conhecimento das disciplinas, Gestão da Produção e Qualidade, Biologia e Química, além dos 24 alunos de uma turma do 3º ano do Ensino Médio e três professores do IFRS – Campus Osorio, de Osório, Rio Grande do Sul. A pesquisa mostra os esforços dos estudantes para encontrar uma alternativa para o tratamento da água a partir de um biossorvente desenvolvido com a palha de arroz. Em parceria com uma Universidade da região, o grupo identificou a ampla concentração de manganês e ferro na água dos poços da comunidade e desenvolveu um estudo sobre ativação da casca de arroz com hidróxido de sódio que, após secagem na estufa, pode ajudar a reduzir a quantidade destes elementos químicos na água.

 

“As propostas inscritas nessa edição trouxeram grandes contribuições para a formação dos jovens comprometidos com os princípios de sustentabilidade, e ainda buscaram melhorias das condições de vida de suas comunidades. A escolha não foi fácil, mas é um orgulho enorme podermos anunciar os vencedores e esperamos que a iniciativa continue incentivando professores e alunos por todo o país”, afirma Isabel Costa, gerente de Cidadania Corporativa da Samsung Brasil.

 

“Os projetos premiados mostram como é possível trabalhar propostas curriculares que promovam o protagonismo dos jovens, as aprendizagens significativas e o diálogo com as realidades locais a partir da educação pública. No momento em que o País discute como implementar uma reforma do Ensino Médio e os desafios para a etapa, reconhecer e valorizar essas iniciativas é reconhecer e valorizar a qualidade e o potencial das escolas públicas”, avalia Mônica Gardelli Fanco, Diretora Executiva do CENPEC.

 

O “Respostas para o Amanhã” também concedeu menção honrosa ao projeto “Rhizoflorando o mangue”, desenvolvido por alunos da EEEFM Almirante Barroso, de Vitória, Espírito Santo. O estudo visa a preservação dos manguezais da região e mostra a porcentagem segura e sustentável de extração da casca do mangue, uma vez que se trata de matéria-prima de uma das fases de produção da tradicional panela de barro capixaba.

 

Além dos notebooks recebidos por cada escola por vencerem a etapa regional do Prêmio, os alunos e professores envolvidos nos três projetos escolhidos também foram contemplados com uma viagem de intercâmbio cientifico-cultural. Eles viajam para São Paulo para visitar centros de pesquisas, espaços culturais e ainda participarão de oficinas educacionais na cidade. Cerca de 46 mil estudantes inscreveram mais de mil projetos na 5ª Edição do Prêmio “Respostas pra o Amanhã”.

 

Confira mais detalhes dos projetos vencedores: https://respostasparaoamanha.com.br

 

Prêmio “Respostas para o Amanhã” comemora cinco anos na América Latina

 

O concurso da Samsung que estimula os alunos a lidar com os problemas sociais usando o que eles aprendem na escola já impactou mais de 128 mil estudantes, 15 mil professores e envolveu 7,5 mil escolas da região.

 

Desde 2014, alunos de sete países apresentaram mais de 11 mil projetos com ideias para melhorar suas comunidades locais e, em muitos casos, que também representaram necessidades nacionais relevantes em áreas como sustentabilidade, ecologia e educação.

 

Sobre o “Respostas para o Amanhã”

 

O Prêmio “Respostas para o Amanhã” é uma iniciativa da Samsung, com coordenação geral do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. O programa conta com a parceria da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e também com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Para conhecer o regulamento e para mais informações, acesse http://www.respostasparaoamanha.com.br.

Receba novidades
Receba toda sexta-feira as principais novidades do Blog.
Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Comentários estão fechados.