Riot Games, Salesforce.org e F5 ingressam em aliança criada para diversificar a indústria de tecnologia

A Riot Games, a Salesforce.org e a F5 Networks anunciaram hoje que vão se juntar à Reboot Representation Tech Coalition — uma iniciativa para dobrar o número de mulheres negras, latino-americanas e ameríndias (nativas do continente norte-americano) que recebem graduação em tecnologia da Informação até 2025 — como membros fundadores. As empresas que participam da aliança prometeram mais de US$ 15 milhões para um fundo coletivo e filantrópico que investe em programas que apóiam mulheres de minorias que buscam cursos de TI. Os membros existentes da coalizão incluem outras empresas de tecnologia de alto perfil, como Adobe, BNY Mellon, Dell, Intel, Microsoft e Verizon.

Embora muitas empresas de tecnologia tenham investido individualmente em esforços de diversidade e inclusão, a indústria como um todo ainda precisa se unir para enfrentar a desigualdade de gênero e a racial. A Reboot Representation Tech Coalition está alavancando o poder e o impacto de esforços filantrópicos, coordenados e corporativos para influenciar mais eficientemente a paridade em todo o setor da tecnologia.

A coligação surgiu de um recente relatório de pesquisa publicado em conjunto pela McKinsey & Company e a Pivotal Ventures, empresas de investimento e incubação de Melinda Gates. Apesar dos esforços nos Estados Unidos para ampliar a participação em tecnologia da Informação, o relatório observou que a proporção de mulheres negras, latino-americanas e ameríndias que recebem diplomas de TI caiu de 6% para 4% na última década. O relatório identificou o investimento no ensino superior como um componente crítico para lidar com essa disparidade. Através de ação coletiva e recursos combinados, a aliança está investindo em programas e iniciativas que se concentram no recrutamento e retenção de mulheres de minorias em TI. Leia mais sobre as descobertas, oportunidades do setor e soluções no relatório Rebooting Representation aqui (em inglês).

Receba novidades

“Criar uma empresa mais diversificada e inclusiva é um princípio fundamental da F5. Acreditamos que nossas diferenças – quando abraçadas com humildade e respeito – impulsionam decisões mais inteligentes, maior inovação, melhor desempenho e uma cultura em que todos podem ser eles mesmos”, disse François Locoh-Donou, presidente e CEO da F5 Networks. “Mas além de nossos esforços individuais, as empresas precisam trabalhar juntas, se quisermos ter um impacto significativo sobre a desigualdade das mulheres de minorias”.

“Estamos animados em nos juntar à Coalition como Membro Fundador para apoiar esse importante trabalho.” disse Jeffrey Burrell, chefe de impacto social na Riot Games. “Na Riot, nos esforçamos para ajudar as pessoas a atingirem todo o seu potencial e esperamos ajudar a melhorar os problemas sistêmicos enfrentados pelas mulheres de minorias nos setores de games e outras áreas da tecnologia. Com uma colaboração profunda entre as muitas partes interessadas, poderemos melhorar desigualdades sistêmicas subjacentes para grupos subrepresentados”.

“Na Salesforce.org, estamos comprometidos em capacitar uma força de trabalho diversificada com as habilidades necessárias para os trabalhos de tecnologia de hoje e de amanhã”, disse Ebony Frelix, vice-presidente executiva e diretora de filantropia da Salesforce.org. “Acreditamos que as empresas têm a responsabilidade de garantir que ninguém seja deixado para trás e tenham orgulho de se juntar a outros líderes para aumentar a representação das mulheres de minorias na tecnologia.”

A Reboot Representation Tech Coalition foi formada em setembro de 2018 como uma resposta imediata às desigualdades descritas na pesquisa conduzida pela Pivotal Ventures e McKinsey & Company. A Coalizão é atualmente composta por nove Membros Fundadores, quatro Membros Gerais e um Membro Aliado.

Receba novidades
Receba toda sexta-feira as principais novidades do Blog.
Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.