Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

ABRIN 2023 traz dados de mercado, tendências de novos hábitos de consumo e oportunidades de negócios

ABRIN 2023 traz dados de mercado, tendências de novos hábitos de consumo e oportunidades de negócios
Licenciamentos, redes sociais e serviços de streaming foram alguns dos temas apresentados durante o primeiro dia do evento

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

Começou hoje em São Paulo, a 39ª Feira Internacional de Brinquedos – ABRIN, maior evento do setor de brinquedos da América Latina, que apresenta as principais novidades e tendências do segmento. Ela é organizada pela Francal Feiras e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos – ABRINQ e, somente neste dia, recebeu quase 6 mil visitantes, um recorde se comparado com primeiro dia de edições anteriores.

Além da cerimônia de abertura, a Abrin contou com a presença do youtuber Luccas Neto, que realizou um Meet & Greet no estande da Novabrink para divulgar o filme “Os Aventureiros” com todo o elenco; do medalhista olímpico Bob Burnquist, para promover a nova linha de skates Burnkids, da Unitoys, e incentivar crianças a iniciarem na modalidade, e da influenciadora gen z, Luluca, que esteve nos estandes da Fun Divirta-se para o lançamento da coleção de brinquedos que leva o seu nome.

Mercado
O dia ainda contou com uma rodada de palestras – a Abrin Talks, com o primeiro tema proferido por Synésio Batista da Costa, presidente da ABRINQ, relatando que o Brasil voltou a registrar 22 mil nascimentos por dia no último ano, representando ótimas oportunidades de crescimento do segmento de brinquedos, mesmo disputando a atenção das crianças com celulares e a tecnologia.
O executivo ainda apontou que os avós, hoje, são os principais compradores, levando seus netos às lojas especializadas e redes varejistas. De olho nesse público, a expectativa é que a indústria fature cerca de R$9 bilhões em 2023, com um crescimento de 7% em relação ao ano passado, comemorando mais de uma década de performance positiva. As datas sazonais, como Dia das Crianças e Natal, continuam como as principais responsáveis pelas vendas de brinquedos. Em 2022, foram comercializados 250 milhões de brinquedos o ano todo.

Licenciamento como gerador de resultados
Segundo Mara Ronchin, diretora de licenciamento da The Walt Disney Company, o mercado de licenciamentos cresceu 15% em 2022 e os produtos licenciados têm uma base de fãs de todas as idades e gerações, permitindo um mix de itens para todos os gostos e idade, fazendo com que essa paixão seja transmitida de pais e avós para filhos e netos.
O maior percentual de vendas de uma marca é com produtos licenciados. “É um mercado bem forte. Mexe com paixões e ajuda a conectar marcas e consumidores”, comenta Bruno Verea, diretor de marketing da Candide Brinquedos.
Para Marcelo Adriano da Silva, gerente de marketing da Líder Brinquedos, um dos fatores de sucesso dos produtos licenciados é que eles tornam reais o que o consumidor vê como abstrato. “É uma maneira de tornar tangíveis personagens e itens que fazem parte do imaginário das crianças e é uma paixão para os adultos”, explica o especialista.

Geração streaming
Uma das fontes de pesquisa para licenciamentos e tendências são as plataformas de streaming, que reúnem conteúdos novos e antigos e fazem sucesso com todas as gerações. De acordo com David Diesendruck, CEO da REDIBRA, o crescimento desses serviços gera inúmeras oportunidades para a indústria de brinquedos. “As novas séries e produções destes serviços exigem que o segmento de brinquedos esteja atento e se adapte, rapidamente, para acompanhar as tendências e oferecer o que o consumidor procura no tempo certo”, reflete o executivo.

Redes sociais: aproximação do público
Eduardo Ramos, head de e-commerce da Toy Mania, alertou que 77% dos internautas seguem algum influenciador e 55% já compraram algo indicado por ele, demonstrando a importância e a força das redes sociais para criar a comunicação entre marcas e consumidores.
O especialista alerta que 415 milhões de pessoas, no mundo todo, comprarão em transmissões ao vivo realizadas por grandes redes de varejo em plataformas digitais, muitas vezes em colaboração com influenciadores. Estima-se que o faturamento até 2027 será de US$ 600 bilhões em transações realizadas neste formato, também conhecido como live commerce, e a indústria de brinquedo pode aproveitar este cenário para se conectar com o seu público e alavancar suas vendas. “A ABRIN é uma ótima oportunidade para as marcas atiçarem a curiosidade dos consumidores e encontrarem ótimas oportunidades comerciais”, conclui.
Todo conteúdo e programação da ABRIN 2023 pode ser acessado pelo site. O evento acontece até quarta-feira, 8 de março, no Expo Center Norte, na capital paulista.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar