Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

ABRIN 40 Edições: Primeiro dia da feira celebra a história do brinquedo e destaca o segmento de Kidults

O primeiro dia da ABRIN 2024, a maior feira de negócios do segmento na América Latina, aconteceu oficialmente neste domingo (3) com uma cerimônia solene de abertura de corte de fita com a presença de Synésio Batista, presidente da ABRINQ; Abdala Jamil Abdala presidente da Francal e 1º vice-presidente da UBRAFE, além de outros convidados. O primeiro dia de evento somou a presença de 5.526 pessoas, um total de mais de 1.900 só em novos visitantes.
 

Um importante debate sobre o passado, presente e futuro da indústria do brinquedo deu o norte para a estreia do “Abrin Talks”, arena de conteúdo onde empresários, executivos e formadores de opinião do setor contaram um pouco da história dos brinquedos durante as 40 edições da feira, fornecendo insights valiosos sobre o segmento de ‘kidults’ para lojistas e entusiastas do setor, com o objetivo de fortalecer os negócios no Brasil, apresentando estratégias atualizadas e tendências globais.

Anúncios


ABRIN 40 Edições Abrindo os debates no palco Abrin Talks, os executivos Moise Candi (CEO da Candide), Aires Fernandes (diretor de Marketing da Brinquedos Estrela) e João Nagano (diretor de Marketing da Grow Jogos e Brinquedos) estiveram reunidos para a roda de conversa. A escolha deu-se porque tais empresas estiveram presentes nas 40 edições da ABRIN e contaram um pouco de suas visões quanto a evolução do brinquedo e perspectiva do setor para o futuro.

Moise Candi contou sobre sua experiência na primeira edição da feira, com exposições de caixas de música e outros itens nostálgicos. Para o futuro, o executivo destacou a importância de contar uma história no varejo, seja no licenciamento, no encantamento ou na inovação, essa história se comunica com o público-alvo, e é responsável por converter em vendas.


Já Aires Fernandes, discorreu sobre a evolução do brinquedo e destacou a tecnologia presente nessa evolução. Além disso, o empresário destacou a necessidade de transformar o romantismo de outrora do brinquedo, na tecnologia para conquistar a atenção e o foco da criança que tem uma série de estímulos virtuais. Em sua visão, o brinquedo vai incorporar essa transformação digital, processar e devolver para a criança o brinquedo melhorado, lúdico e divertido. Aires também reforçou que a transformação do mundo se reflete nos brinquedos, um exemplo é que há 40 anos não se aceitava falar de bonecos e nem bonecas para meninos. Hoje entende-se a importância lúdica da brincadeira para criar bons pais no futuro.

Anúncios


João Nagano explicou como foi a primeira fabricação de brinquedos e como foi a transformação desse processo, utilizando da criatividade para superar obstáculos. Utilizando-se poeticamente do clichê, “O Brasil não é pra Amadores”, ele contou curiosidade da criação do primeiro brinquedo da marca, o tradicional jogo “War”, que usou do molde de botões de camisa, para fabricação dos primeiros botões que marcavam os territórios conquistados no jogo.



Kidults: a nostalgia como valor de negócio A duas palestras seguintes abordaram o segmento de Kidults, com insights valiosos para lojistas e empreendedores no segmento de brinquedos. Marcelo Silva, gerente de marketing da Lider Brinquedos, Renata Blanc, presidente da ALBB e proprietária da Blanc Toys, David Diesendruck, CEO da Redibra e Eneas Carlos Pereira, vice-presidente da TV Cultura, fizeram parte do segundo painel do dia, com um bate papo abordando “a nostalgia como valor de negócio”.

Renata Blanc comenta que, segundo pesquisa realizada pela ALBB (Associação de Lojistas de Brinquedos do Brasil), o mercado de Kidults representa 15% da receita global de brinquedos, e cresce 4% ao ano, destacando a importância do entendimento deste mercado (Kidults) para o sucesso dos lojistas.
 

Anúncios

Eneas Carlos Pereira, vice-presidente da TV Cultura, comentou sobre as propriedades intelectuais da TV Cultura, destacando que são o grande asset da empresa, e que a nostalgia não é um foco, mas sim o fato de marcar a infância de toda uma geração e educar no processo. Durante o painel, o executivo também aproveitou para comentar sobre os conteúdos em produção para o aniversário de 55 anos da TV Cultura, incluindo um filme de Cocoricó, e versões contemporâneas de Castelo Ra-Tim-Bum e Mundo da Lua.
 

Marcelo Silva falou sobre a estratégia da Lider Brinquedos, que apostou na Fandom Box (lançado em 2023 na feira ABRIN), conquistando uma boa parcela do mercado de colecionáveis, oferecendo uma opção produzida no Brasil de produtos acessíveis e com qualidade, seja para a primeira coleção dos pequenos ou também para satisfazer a nostalgia e desejoso dos adultos. Hoje, a marca conta com mais de 90 personagens diferente, e muitos de personagens brasileiros, valorizando os produtos nacionais.
 

David Diesendruck, da Redibra, destaca que a infância está se encurtando, acarretando uma juventude prolongada e caracterizando o mercado de Kidults. Ele conta, como exemplo, sua experiência recente com a marca “Ursinhos Carinhosos”, na qual a Redibra optou por uma estratégia focada na nostalgia, ao invés de produzir focado nas crianças da nova geração, e obteve sucesso impressionante.

 

Anúncios

Spielwarenmesse e as tendências globais A terceira palestra do dia contou com a presença da Verena Urbschat, Diretora de Marketing da Spielwarenmesse, a Feira internacional de brinquedos de Nuremberg, a maior do mundo no setor. Em 2024, a feira reuniu 2356 expositores, de 68 países. Pela feira, circularam cerca de 57 mil visitantes, do setor de brinquedos, representando mais de 125 países do mundo.

O tema foco da feira alemã este ano foi Kidults, promovendo a vida como um playground, sem restrição de idade, convidando os adultos a voltarem a sua infância. O grande destaque desta categoria é o alto poder de compra por parte dos consumidores, uma vez que os adultos são os interessados nesta fatia, com 67% de intenção de compra pelos adultos entre 18 e 65 anos. Mundialmente, jogos de tabuleiro e quebra-cabeças são as categorias mais exploradas para os kidults. No Brasil, esta categoria representa 68%, mais do que a média mundial.
 

A Spielwarenmesse criou 4 categorias de produtos para os kidults, sendo a primeira de “colecionáveis”. Seguida dos ‘colecionáveis premium” que incluem edições limitada e exclusivas, não limitados a brincar, mas também para simples exposição. A terceira categoria são dos jogos de tabuleiro, com uma variedade infinita. A quarta categoria é a de “fantasia criativa”, onde o kidult pode imergir em um mundo emocionante de jogos, seja com RPGs, jogos de cartas ou com miniaturas.
 

Anúncios

A pesquisa exalta o desejo do kidult em ter uma experiência de compra exclusiva. Ele espera um mix de produtos dinâmicos e sempre atualizados, além da exclusividade e ‘raridade’ dos produtos. Em loja, o consumidor gosta de um atendimento por meio de especialistas, oferecendo dicas e conselhos quanto aos produtos, etc.
 

A relação dos influenciadores digitais no consumo de brinquedos Enaldinho, youtuber e criador de conteúdo com vídeos que bateram mais de 34 milhões de visualizações no YouTube, conversa sobre a relação dos influenciadores no consumo de brinquedos. Ele explana sobre o início da sua carreira de influência, que veio por meio dos jogos e, por conta disso, percebeu uma possibilidade de expansão dos conteúdos.

O influencer, que começou aos 14 anos, conta que não tinha muita responsabilidade com a criação de conteúdo, criando de forma empírica, o que ele e os amigos gostariam de ver e ouvir. Após a plataforma o penalizar por conteúdo inadequado, ele passou a pensar no seu papel de influência, com responsabilidade no que comunica. O comunicador ressalta a importância do stortytelling para encantar e vender produtos, sejam licenciados ou não.
 

Anúncios

Cíntia Medvedovsky, CEO da agência de licenciamento Ziggle Licensing, conta sobre a influência de YouTubers para venda de produtos. Segundo a empresária, o público infantil se conecta com essas personalidades e os brinquedos licenciados vendem mais porque contam essa história. Para ela, haverá um aumento como um todo no consumo tanto de conteúdo como de produtos licenciados nos próximos anos.
 

Novos marketplaces para novas clientelas A última palestra do primeiro dia da feira trouxe Juliana Lyra, gerente de novos negócios do Mercado Livre, para falar em como um marketplace pode auxiliar e impulsionar novos negócios, especialmente relacionados ao mercado de Kidults, com colecionáveis e clássicos do passado.

Juliana deu dicas de como se destacar na plataforma, como por exemplo o uso de termos e tags associados aos temas em alta na internet. Ela também comenta sobre a importância do lojista em acompanhar as tendências e oportunidades do cinema, se atentando aos relançamentos de clássicos que acontecem frequentemente por serviços de streamings.
 

Anúncios

A executiva também comenta sobre os novos produtos do Mercado Livre, desenvolvidos para auxiliar e impulsionar o lojista, como o Meli+, sistema de fidelidade e benefícios e o ‘Mercado Shops’, plataforma gratuita para criar uma loja online com todo o benefício do Mercado Livre.

Dias e horários: De 03 a 05 de março, das 10h às 20h / 06 de março, das 10h às 18h.

Local: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333, São Paulo – SP

(Transporte gratuito partindo da Estação Portuguesa/Tietê)
Site oficial ABRIN 2024 – clique aqui 
Página oficial para credenciamento ABRIN 2024 – clique aqui

Evento voltado para lojistas e profissionais do setor. Não é permitida a entrada de menores de 12 anos, mesmo acompanhados (exceto lactentes com até 24 meses e influenciadores autorizados pela organização).

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar