Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

Abrin: Curta amplifica a imagem de influenciadores no mercado nacional

Do universo digital para o mundo real: agora, crianças de todo o Brasil podem se divertir com os brinquedos de seus influenciadores favoritos. A Curta, maior hub de influenciadores da América Latina, lançou mais de 30 produtos na 40ª Feira Abrin, que terminou ontem, em São Paulo.

Com o licenciamento de produtos, a Curta pretende criar novas experiências para o público, conectando os fãs aos seus influenciadores favoritos no mundo real. “Os bonecos e jogos dos canais da Curta são desenvolvidos para despertar a imaginação e a criatividade das crianças e adolescentes e gerar bons momentos também fora das telas”, comenta Pedro Gelli, sócio-fundador da Curta e influenciador (@pedro-gelli).

Anúncios

Com o lançamento de mais 30 produtos licenciados com nomes de influenciadores, a marca expande seu catálogo e traz ainda mais opções ao público. Desde sua fundação, a Curta vendeu no varejo brasileiro R$ 15 milhões em brinquedos, jogos, cadernos, entre outros objetos. Nesse cenário, mais de R$ 2 milhões movimentados no site da Loja da Curta.

“Vejo a economia criativa conquistando o mercado de licenciamento e revolucionando o varejo”, reforça Lívia de Paula, head de licenciamento da Curta. “A Feira Abrin 2024 foi mais um passo na consolidação das marcas de youtubers no mercado de licenciamento brasileiro. Pudemos notar a empolgação dos lojistas com os produtos, já que, como resultado da Feira, alavancamos a venda de brinquedos e jogos dentro do varejo nacional, aumentando significativamente os pontos de venda”, complementa.
 

Imagem do estande da Algazarra Brinquedos com produtos da Curta

Além disso, a Curta levou à Abrin alguns dos maiores youtubers do Brasil para visitar o estande da Algazarra Brinquedos, dentre eles Robin Hood Gamer, Athos e Jooj. “Nosso objetivo com a ação foi envolver ainda mais os influenciadores no licenciamento e comercialização dos produtos com seus nomes, trazendo ainda mais confiança ao varejista e à indústria de brinquedos nacional”, finaliza a Head de Licenciamento.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar