BOOM e Sharks entram para a primeira etapa do CBCS 2020

Assine nossa newsletter

O The Rising, primeiro split da temporada 2020 do Campeonato Brasileiro de Counter Strike começa no dia 16 de abril e conta com uma novidade que promete deixar a disputa muito mais acirrada: dois times convidados. A BOOM e o Sharks são equipes famosas em torneios internacionais, contudo, por conta da pandemia da COVID-19, os atletas não puderam viajar para competir, dessa forma, os times ficariam com um calendário pouco movimentado nesse primeiro semestre. Analisando este fato, o CBCS abriu as portas para as equipes que escolheram fazer parte da primeira etapa do campeonato. Com isso, o CBCS reformulou seu calendário e formato do split, que será disputado pela primeira vez, de forma online.

Assine nossa newsletter



“A presença da BOOM e do Sharks irá engrandecer ainda mais o CBCS, são duas ótimas equipes que irão tornar a disputa ainda mais interessante. Ambas contam com experiência internacional. Além disso, é o momento de nos unirmos, não poderíamos deixar atletas da nossa comunidade sem competir por conta da COVID-19. Acreditamos que a parceira será boa para os dois lados”, explica Pedro Sancha, diretor de esports do CBCS. Os outros times confirmados são Imperial, Black Dragons, Team Reapers, INTZ, Redemption, Evidence, Furia Inagame e PRG Esports.

Para o The Rising, as dez equipes, serão divididas em dois grupos, A e B, cada um com cinco times. A dinâmica será a seguinte: os times do grupo A se enfrentam, e o mesmo acontece com o grupo B, toda semana haverá um jogo extra entre os grupos e, ao fim dos confrontos, as equipes com melhor colocação dentro de seus grupos irão para os playoffs, até conhecermos, no dia 29 de maio, a grande campeão do primeiro split do CBCS.

Atualmente, a BOOM ocupa a 3ª posição no ranking regional e o Sharks é a 13ª. Entre os novos jogadores do CBCS estão boltz e felps, ambos com passagem pela MiBR.

A data dos splits seguintes – “The Conquest” e “The Revenge” ainda seguem indefinidas. Juntos, os splits somam o valor confirmado de mais de R$800 mil em premiações. Vale lembrar que esse valor contempla o prize pool dos split além do valor mensal que é repassado para os times.

Pedro Sancha, diretor de esports do CBCS, destaca o trabalho incansável das equipes de conteúdo, comunicação, broadcast e esportiva do CBCS, DC Set e Globo para que os jogadores e times tenham a experiência mais próxima possível de uma transmissão de TV e um campeonato em LAN, mesmo estando jogando das suas casas ou gaming houses.

O campeonato, organizado pelo Grupo Globo em parceria com a DC Set, conta com transmissão online nos canais oficiais do CBCS no YouTube e Twitch, além do canal pago de TV, SporTV.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.