Brasil é o país que mais Tweeta sobre Heartstopper

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A série Heartstopper, baseada nos quadrinhos de Alice Osmann (@aliceoseman) e produzida pela Netflix (@NetflixBrasil), tornou-se um fenômeno entre os brasileiros por destacar a descoberta do amor entre dois garotos. Heartstopper teve sua primeira temporada lançada em 22 de abril e os fãs brasileiros já pedem uma nova, mantendo #RenewHeartstopper entre uma das mais populares hashtags no país. A produção já conta com mais de 7,1 milhões de Tweets em todo o mundo e 2,3 milhões no Brasil, país que mais Tweetou sobre a série desde sua estreia, seguido pelos Estados Unidos e Filipinas, de acordo com levantamento realizado entre 22 de abril e 10 de maio.

Tweet por: @okitquiet

Tweet por: @arthurgrandee

Tweet por: @ttsmileraah

Os artistas mais mencionados no Brasil foram o ator John Locke (@joelocke03), no papel do protagonista Charlie Spring, que se apaixona por seu colega de classe, Alice Osman, escritora da série de quadrinhos, e Kit Connor (@kit_connor), no papel de Nick Nelson, amigo de Charlie e companheiro durante a série.

Celebridades como o humorista Rico Melquiades (@RicoMelquiades) e a influenciadora Lorelay Fox (@Lorelay_Fox) comentaram sobre a série que anda aquecendo as conversas no Twitter.
 

Tweet por: @RicoMelquiades

Tweet por: @Lorelay_Fox

Os fãs no Twitter estão encantados pelo casal principal e, por isso, diversas homenagens, como Threads comentando sobre os personagens, desenhos e até sessão de fotos inspirada pela série tornaram-se parte das conversas com a Hashtag #Heartstopper e #HeartstopperFanArt.

Confira mais Tweets de destaque sobre Heartstopper:

Tweet por: @louieponto

Tweet por: @loud_Mii

Tweet por: @mateuscarrilho

Tweet por: @gabilotta

Tweet por: @Atlanta_lol

Tweet por: @evelynmackus

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência AceitarLeia mais