Carol Solberg e Juliana “Showliana” Maransaldi estão no Game Changers Talks, programa da Riot Games no YouTube

O que vôlei e Esports têm em comum? O quarto episódio do Game Changers Talks, programa de entrevistas da Riot Games, uniu as atletas Carol Solberg e Juliana “Showliana” Maransaldi e, juntas, elas descobriram a resposta. Dos sacrifícios necessários para se destacar na carreira à importância de atletas se posicionarem, passando por um papo franco sobre a sexualização das mulheres nas competições, tudo foi abordado na conversa mediada pela apresentadora Barbara Gutierrez.

“Quando eu escuto as pessoas falando ‘eu estou ali para assistir um esporte e não para ouvir o que você está falando’, minha resposta é ‘então desliga’. Se eu estou ali, jogando, eu dou a opinião que eu quiser. Na hora que eu estou dando uma entrevista, após um campeonato, aquele momento é meu, eu conquistei estar ali falando. E também não se posicionar é se posicionar”, dispara a jogadora de vôlei Carol Solberg.

Durante a conversa, ambas as atletas mostraram o incômodo com a grande sexualização que as mulheres ainda são expostas durante as competições. Enquando Carol comentou sobre o recente episódio dos uniformes femininos nas partidas de vôlei de praia e toda a discussão em volta do tema, a jogadora de VALORANT Juliana “Showliana” Maransaldi acrescentou: “Quando se referem a uma jogadora, a primeira coisa que dizem não é ‘ela é joga muito bem, mas sim ‘ela é muito bonita’. Querendo ou não, é uma maneira de preconceito, porque a jogadora pode ter ganhado um monte de campeonatos, jogar muito, mas a primeira qualidade que você comenta é a beleza”, diz ela, durante o episódio.

O novo episódio, inédito, vai ao ar nesta sexta-feira, dia 29, no canal do YouTube de VALORANT. Esta temporada, que retornou com episódios inéditos em 9 de outubro, já trouxe conversas com a jornalista Mariana Becker, a tetracampeã mundial de skate, Karen Jonz e uma das pioneiras no streaming, Briny de Laet.

O Game Changers Talks é uma iniciativa que nasceu vinculada a outro projeto da Riot Games para mudar o jogo quando se fala das mulheres na cena gamer, que é o campeonato VALORANT Game Changers, que coroa o melhor time feminino brasileiro do jogo. VALORANT é um jogo tático de tiro em primeira pessoa (FPS) para PCs focado em personagens, com uma mecânica fiel, agentes com habilidades únicas e mapas competitivos que rendem milhares de horas de jogo. Mariana Becker, Daniela Mercury, Paula Nobre, Jackie Silva e Tiffany Abreu já foram algumas das convidadas da primeira temporada do programa e seus episódios estão no YouTube do VALORANT Brasil. O campeonato VCT Game Changers Series 2 acontece em novembro, dos dias 4 a 7 e 11 a 14, e será transmitido nos canais oficiais de VALORANT.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.