CEO da Telefônica Brasil revela à FORBES Brasil como vai tornar a empresa uma das maiores do mundo

Assine nossa newsletter

Capa da edição de junho de FORBES Brasil, Amos Genish, atual CEO da Telefônica Brasil, revela com exclusividade para a revista sua trajetória profissional, os segredos de seu sucesso em um meio tão competitivo quando a telefonia e o que pretende fazer para erguer uma das maiores e melhores operadoras do globo. Trata-se da primeira entrevista concedida por Genish após a venda da GVT à Telefónica.
Seus negócios no Brasil começaram com a criação, a partir do zero, da GVT, empresa considerada uma das menos promissoras dentre as surgidas após a privatização do sistema Telebrás. À época, ninguém dava nada por ele. Enfrentando uma gigantesca player em sua região de atuação, a Brasil Telecom, o empresário optou por concentrar seus serviços em nichos mais rentáveis e utilizou a inovação a seu favor: enquanto a adversária operava com antiquados cabos de cobre, a companhia de Genish partiu logo para a fibra ótica. “Ao invés de competir ombro a ombro com a concessionária da região, nos focamos em ser a melhor, e não a maior, tele do Brasil”, lembra ele na reportagem.
A companhia começou a crescer e chamar a atenção de alguns investidores. Em 2014, a Global Village Telecom foi colocada à venda, e o resultado não podia ser melhor: a espanhola Telefónica deu US$ 9,29 bilhões pela GVT à francesa Vivendi, resultando na fusão da GVT com a Telefônica Brasil e originando uma empresa que Genish costuma chamar, com entusiasmo, de Nova Vivo. Tratou-se do maior aporte de um grupo internacional para a compra de um ativo no Brasil dos últimos 35 anos.
Com a operação, a companhia hoje se tornou a maior tele do país, com 103 milhões de usuários, receita de R$ 40,3 bilhões, cerca de 37 mil funcionários e líder no mercado nacional de banda larga, com 30,37% dos clientes. Mas Genish quer fazer algo ainda maior do muito que já tem em mãos: ele vai transformar sua Nova Vivo em uma das maiores teles – do planeta. Como? Leia a edição de junho de FORBES BRASIL, disponível nas bancas e no Ipad, e descubra.
Seguem abaixo algumas aspas de Amos Genish:
“Calculamos as sinergias que a união GVT/Telefônica trará em extraordinários R$ 14 bilhões”.
“Nossa companhia já superou a matriz da Espanha em número de clientes e a expectativa é que neste ano ou no ano que vem a ultrapasse em receita”.
“O foco aqui será, todos juntos, darmos forma a uma companhia de nível mundial. E vamos fazê-lo”.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.