Tecnologia | Games | Filmes & Séries | Geek
Banner KTO

Cidade de São Paulo terá mais 12 mil pontos de WiFi Livre

A Prefeitura de São Paulo irá lançar na próxima semana uma consulta pública para contratação de 12 mil novos pontos para ampliação da rede de WiFi Livre SP. O anúncio foi feito pelo prefeito Ricardo Nunes na manhã desta quinta-feira (11), durante a abertura do Seminário “5G.BR — O Papel Transformador da Nova Tecnologia”, promovido pelo Ministério das Comunicações.

“No nosso plano de metas, assegura 20 mil pontos de WiFi Livre. Hoje temos 1080 mais 5300 ônibus, dos 13 mil que têm wifi. Semana que vem soltamos a consulta pública para contratar mais 12 mil pontos”, apontou o prefeito Ricardo Nunes. “A gente ainda tem várias ações para desenvolver na questão da cobertura de antenas. Negociamos com as operadoras mais 286 antenas instaladas na cidade para fazer a cobertura das áreas de sombra e isso está caminhando bem”, completou.

Anúncios

O secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós, acompanhou o prefeito durante o seminário e detalhou as etapas para contratação dos novos pontos de wifi. “A consulta terá um prazo de 30 dias. Após esse prazo será feito o processo de licitação, com expectativa de assinatura de contrato ainda em outubro de 2022. Após a assinatura do contrato, as empresas terão 12 meses para realizar a instalação das localidades e a distribuição dos novos pontos”, ressaltou.

5G

A região de Engenheiro Marsilac, no extremo Sul da cidade de São Paulo, e com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixo da capital, já conta com a tecnologia 5G. Essa afirmação foi feita também pelo prefeito Ricardo Nunes durante o seminário. “Temos 96 distritos na cidade. O que tem o pior IDH e maior problema de vulnerabilidade é Marsilac. Hoje já temos o 5G lá, na região mais pobre da cidade. Isso é um motivo de muito orgulho”, afirmou o prefeito.

Anúncios

O seminário marca a chegada da tecnologia 5G no Brasil e, segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria, as empresas que venceram o leilão têm a obrigação de instalar 372 antenas na capital paulista ainda em 2022. “Até o dia 29 de setembro serão instaladas 1522 antenas. Isso significa 309% a mais do que estava estabelecido”, disse. “A meta total para cobrir a capital, que seria até 2025, mas acredito que será até 2023, é de 3720 antenas. São Paulo estará até o dia 29 de setembro quase 50% coberta”, completou o ministro.

Durante o evento foram tratados de temas como os avanços da conectividade em um país continental, revolução na indústria e na economia, como o 5G deve alavancar o setor produtivo brasileiro, entre outros assuntos relacionados a nova tecnologia.

“O 5g é uma realidade. Ele está acontecendo. Como foi o PIX, ou seja, construções que incorporam a transformação digital não como a evolução tecnológica, mas como um instrumento de ganho para sociedade”, destacou o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar