Com pico de 1,1 milhão de espectadores simultâneos, LBFF 4 bate recorde de audiência

Assine nossa newsletter

Com transmissão pela primeira vez na TV aberta, a final da Liga Brasileira de Free Fire 4 (LBFF), campeonato oficial de Free Fire no Brasil, alcançou pico de mais de 1,14 milhão de espectadores simultâneos, somando dados do YouTube, Loading e BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena.

A marca representa um aumento de 93% em comparação ao pico de espectadores da primeira LBFF, em 2020, além de sacramentar a segunda maior audiência de competições de Free Fire no Brasil – atrás apenas da final da Free Fire World Series (FFWS), que aconteceu no Rio de Janeiro, em 2019.

Com 18 times participantes, a LBFF 4 teve mais de 95 milhões de visualizações durante toda a realização da etapa. Trata-se de um aumento de 59% quando comparado à LBFF 3.

Assine nossa newsletter

A LBFF 4 teve sua final realizada no último sábado (20), quando a equipe Fluxo sagrou-se campeã da etapa. Além do título de melhor do Brasil, o time também levou para casa R$ 105 mil. Ao todo, a competição teve premiação total de R$ 745 mil.

Ao todo, 22 estados brasileiros foram representados pelos jogadores que participaram da LBFF 4, assim distribuídos conforme as regiões do país:

• Sudeste: 46,4%
• Nordeste: 25,6
• Sul: 12,8%
• Centro-Oeste: 9,6%
• Norte: 5,6%

Grupo de acesso

Os times que ficaram na lanterna da LBFF 4 Série A ainda têm esperança de se manterem na elite do Free Fire no Brasil com as partidas do Grupo de Acesso, que acontecem no dia 3 de abril, às 13h, com transmissão na YouTube e na BOOYAH!.

Black Dragon, paiN Gaming, INTZ e Team oNe disputarão as quatro vagas restantes da Série A contra as oito equipes da Série B que terminarem entre a 3ª e 10ª colocações: Alt Gamers M, AMAZONCRIPZ, Checkmat, CK ELITE, Los Grandes, NewX Gaming, VINCIT Gaming e W7M Gaming.

Dessas doze equipes, as quatro que tiverem melhor desempenho no Grupo de Acesso jogarão a Série A na etapa seguinte, enquanto as oito piores jogarão a Série B.

Flamengo eSports e Red Canids Kalunga, últimas colocadas na tabela de classificação, foram automaticamente rebaixadas e jogam a Série B na próxima etapa da competição.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.