Tecnologia | Games | Filmes & Séries | Geek
Banner KTO

Como as crianças podem avançar no aprendizado de programação nas férias escolares

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

As férias escolares já estão na metade e muitos pais podem sentir que perderam a oportunidade de aproveitar esse tempo matriculando os filhos em atividades extracurriculares que façam diferença. Com tantas opções de cursos no mercado, é comum que os responsáveis se sintam confusos sobre a melhor escolha.

As aulas de programação para crianças e adolescentes têm ganhado cada vez mais espaço, não só por aproximar os pequenos da tecnologia, mas também por ajudar no desenvolvimento de outras habilidades, como matemática, lógica, trabalho em equipe e pensamento criativo. Já nas primeiras oito aulas do curso, é possível aprender os conceitos e fundamentos e até criar aplicações e jogos utilizando plataformas populares como Roblox e Minecraft. A BYJU’S, líder mundial em tecnologia educacional, mostra como é possível aproveitar o período das férias para iniciar no aprendizado de programação:

  • 1ª aula – Conceito de sequências: os alunos resolvem atividades aplicando lógica de programação
  • 2ª aula – Conceito de algoritmo: os alunos constroem algoritmos para completar tarefas e aprendem a função básica de um bloco de repetição 
  • 3ª aula – Conceito de strings binárias: compreensão do conceito de programa e linguagem de um computador
  • 4ª aula – Conceito de design de aplicativo: construção de aplicativo móvel
  • 5ª aula – Conceito de variáveis: os alunos já constroem um jogo usando variáveis, entendendo os conceitos e como são usadas para informações
  • 6ª aula – Conceito de eventos e comportamentos: utilizados para criar narrativas centradas nos personagens
  • 7ª aula – Criação de um aplicativo publicável
  • 8ª aula – Desenvolvimento de jogos: abordando o conceito de códigos – sequência, variáveis, eventos e animações
Anúncios

Mais de 180 mil crianças já passaram pelos cursos oferecidos pela empresa, por meio dos quais desenvolveram projetos de programação dos mais variados, envolvendo temas como paleontologia, astronomia, ecologia, esportes e cultura. Uma das alunas é Marina, de 12 anos, que vive no Rio de Janeiro e que já tinha interesse em aprender programação há algum tempo. “Há muito tempo eu queria aprender a programar jogos e, com a BYJU’S, eu tenho conseguido fazer isso, aprendendo e evoluindo muito na linguagem de Javascript”. Com o que aprendeu, Marina já criou até um jogo. “Eu adoro as aulas porque são muito dinâmicas e a professora consegue dar a devida atenção para cada aluno, já que as turmas são pequenas”, diz ainda.

Cada aula tem duração média de 50 minutos e, por serem divertidas e interativas, os alunos têm facilidade para participar de mais de uma por semana. As sessões são individuais ou em pequenos grupos, o que garante um aprendizado personalizado, acompanhando o ritmo de cada aluno. Outra vantagem dos cursos oferecidos pela BYJU’S é que há turmas se formando ao longo de todo o ano, o que facilita o início dos estudos em programação em qualquer época.

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar