Como equipamentos de áudio e videoconferência auxiliam empreendedores a expandir seus negócios

Assine nossa newsletter

Em uma realidade de emprego cada vez mais complexa no País, muitas pessoas precisam se adaptar e empreender por conta própria. Os dados demonstram que o número de empreendedores e profissionais liberais sem vínculos trabalhistas no País é significativa: o Brasil alcançou uma taxa de informalidade de 41,4% no mercado de trabalho, de um total de 38,763 milhões de profissionais atuando por conta própria, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com muitas pessoas nessa modalidade e grande concorrência, os empreendedores e profissionais liberais precisam cada vez mais se destacar e utilizar as ferramentas tecnológicas disponíveis, como equipamentos portáteis, para aperfeiçoar seu trabalho, facilitar seu dia a dia, se diferenciar, expandir seus negócios e clientela.

Equipamentos de áudio e videoconferência portáteis são uma boa opção para pessoas que trabalham em coworkings, coaches, profissionais autônomos que se comunicam com clientes de forma remota, como arquitetos, designers, professores de idiomas, psicólogos, empreendedores que realizam reuniões por áudio ou vídeo constantemente, entre outros. Algumas empresas brasileiras já estão produzindo e comercializando os produtos, o que deixa os equipamentos com preços mais acessíveis.

Os equipamentos portáteis podem ser utilizados em reuniões a distância por meio de USB ligado ao computador ou via bluetooth. Alguns modelos são compatíveis com Skype, Microsoft Teams, Zoom e outros, o que os torna interoperáveis. Outro diferencial desses produtos é a alta qualidade de som e imagem, garantindo que as reuniões sejam mais produtivas, claras e eficientes.

Portabilidade dos equipamentos

Um dos grandes diferenciais dos aparelhos de aúdio e videoconferências é a portabilidade, ou seja, a facilidade que os usuários têm de levá-los para qualquer lugar. Até recentemente, os profissionais estavam “presos” a equipamentos que eram fixos a uma mesa ou sala, hoje eles podem levá-los facilmente na sua mochila ou bolsa. Além disso, eles são muito leves e compactos: os equipamentos de audioconferência, pesam em média 250g, já os de videoconferência em torno de 500g.

Produtos disponíveis no mercado

Assine nossa newsletter

Audioconferência: lançado no mercado nacional em novembro de 2019, o modelo CAP 100 USB da Intelbras é superversátil, pois não há a necessidade de instalação, possui microfone de 360º e alto falante em HD, proporcionando mais qualidade de áudio e maior captação de voz de todos os participantes. Portátil, o equipamento pode ser utilizado em qualquer lugar e dispensa o uso de carregadores ou baterias.

Videoconferência: ideal para reuniões, aulas e conferências a distância, o equipamento também garante qualidade de imagem e som, que são infinitamente superiores a de celulares e outros aplicativos. Um dos destaques do mercado brasileiro é o EVC 300 USB. Com câmera full HD de 1080p e ângulo ajustável de 105º, o dispositivo pode ser utilizado sem a necessidade de instalação ou configuração e possui a função Hi-Fi (High Fidelity ou Alta fidelidade), possibilitando melhor qualidade de áudio quando utilizado para reproduzir conteúdo de música.

Os avanços tecnológicos e equipamentos que aliam qualidade e praticidade devem ser utilizados como aliados para os profissionais liberais e empreendedores brasileiros. O uso de novas tecnologias, além de facilitar o dia a dia dos empreendedores, auxilia na prestação de serviços mais assertivos, ampliando negócios e carteira de clientes. Em um País com recorde de desempregados, diferenciais como esses são importantíssimos na prestação de serviços de qualidade e na fidelização e conquista de novos clientes, aumentando assim a chance de sucesso para esses profissionais.

Com informações do Fabrício Vargas que é Gerente Segmento da Intelbras, indústria brasileira desenvolvedora de tecnologias com mais de 43 anos de história.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.