Comprar na Macy’s ficou mais fácil para os brasileiros

A icônica rede de varejo americana Macy’s, uma das mais visitadas e procuradas pelos consumidores brasileiros que viajam aos EUA para compras, agora está mais acessível do que nunca. O catálogo com mais de 70 mil itens, entre roupas femininas, masculinas, infantil e acessórios já está disponível por meio da Tiendamia no Brasil e agora ainda mais completo com a chegada da Toys “R” Us reconhecida mundialmente no segmento de brinquedos infantis.

São roupas (masculino, feminino e infantil), perfumaria, roupas de cama, banho, relógios, carteiras, acessórios em geral e agora brinquedos. Desde a chegada a Macy’s já representa 10% nas buscas na Tiendamia. No Peru, em duas semanas de lançamento, a Macy’s chegou aos números de vendas do e-Bay e a expectativa é que o sucesso se repita no Brasil.

“Adicionamos aos milhões de produtos que já oferecemos uma maior variedade de marcas e modelos que só a Macy’s possui e agora ainda mais completo com a chegada da Toys “R” Us e toda variedade de brinquedos”, explica Michele Chahin, country manager da Tiendamia Brasil. “Nosso objetivo é continuar expandindo nosso catálogo e oferecer aos consumidores brasileiros todos os produtos das diferentes lojas dos EUA em um só lugar, em um só carrinho, pagando em reais e parcelado”, finaliza.

A Tiendamia opera no sistema de marketplace, ou seja, o cliente pode encontrar na plataforma produtos de grandes redes varejistas americanas, como Amazon, eBay, Walmart e agora a Macy’s. O consumidor pode comprar produtos de lojas diversas e o envio acontecerá em uma única remessa em um único despacho postal.

As vantagens da Tiendamia não param por aí. O site oferece a possibilidade do pagamento em reais com parcelamento em até 12 vezes no cartão, PayPal e boleto bancário, 100% de garantia na entrega e o produto nas mãos do cliente, podendo ser rastreado. Além disso, todo suporte ao usuário é feito em português.

Hoje, a Tiendamia está entre as maiores plataformas de e-commerce do mundo e tem como meta crescer 300% até o final do ano, apenas no Brasil.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.