Crítica “Convidado Vitalício”, o primeiro filme do selo TNT Original

Assine nossa newsletter

Eu pude assistir de forma antecipada a Comédia Romântica “Convidado Vitalício”. Trata-se do primeiro filme do selo TNT Original que deve oferecer outros gêneros em breve e mostra como o canal busca se reinventar e talvez se preparar para um mundo onde o streaming e os conteúdos exclusivos farão a diferença.

Jack Quaid (The Hunger Games, The Boys) e Maya Erskine (Penn15, Insecure, Wine Country) são os protagonistas e apresentam uma química boa em cena, e é a evolução da relação dos dois, e a relação deles com outras relações, que compõem essa trama que de certa forma discute as novas configurações de casais e os dilemas ocasionados na vida moderna sem deixar de mostrar as idiossincrasias dos modelos tradicionais.

É um filme simples, sem grandes cenários ou cenas épicas ou ainda figurinos memoráveis, mas é uma boa história com um roteiro bem amarrado (você sabe como vai terminar, mas tudo bem porque os protagonistas te carregam junto) e cumpre o que promete para uma comédia romântica digna para assistir a dois ou ainda naqueles momentos deprê de término de relacionamento com um pote de sorvete ou panela de brigadeiro no colo.

Assine nossa newsletter

Veja mais informações sobre o filme e o trailler aqui.

TNT Original, iniciativa de filmes inéditos e produções originais da TNT, terá estreias todas as sextas-feiras, às 22h30.

Próximas estreias no TNT Original:

21 de fevereiro: “Em um Relacionamento Sério”

28 de fevereiro: “Vingança FM”

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.