DISNEY FAZ DOAÇÃO DE U$S 700 MIL À PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO E ESPORTES VOLTADOS PARA CRIANÇAS E JOVENS DA AMÉRICA LATINA

No marco de seu compromisso em promover estilos de vida mais saudáveis como aspecto fundamental para o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida de crianças e jovens, a The Walt Disney Company Latin America apoia programas de inclusão social vinculados ao acesso a melhores práticas nutricionais e esportivas. A empresa está doando US$ 700 mil para desenvolver essas iniciativas em comunidades vulneráveis ​​na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México, em parceria com The Global FoodBanking Network, Coaches Across Continents, Love Fútbol, ​​Instituto Esporte & Educação e o Instituto Mpumalanga, impactando em um ano cerca de 6 mil meninos, meninas e jovens, e mais de 350 professores na região.

“Essa iniciativa faz parte da nossa campanha #VivaMaisSaudável, alinhada com o compromisso sustentado da Disney de acompanhar as famílias na promoção de hábitos mais saudáveis, pois sabemos que nossas histórias atingem milhões de pessoas em toda a região todos os dias. Por isso, temos uma enorme responsabilidade e oportunidade de inspirar hábitos e valores positivos. Alimentação, vida ativa, descanso e higiene são os primeiros hábitos que adquirimos desde pequenos, e acreditamos que – através dos nossos conteúdos, experiências, personagens e histórias – podemos colaborar com essa mudança de hábitos. Apoiar organizações que impactam positivamente crianças e jovens por meio da alimentação e do esporte faz a proposta de uma vida saudável mais acessível”, afirma Belén Urbaneja, Diretora de Responsabilidade Social Corporativa, Gestão de Marca e Diversidade, Equidade e Inclusão, da The Walt Disney Company Latin America.

A aliança com a The Global FoodBanking Network visa contribuir para a mitigação da fome nas comunidades mais vulneráveis ​​da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México, especialmente em crianças, graças ao trabalho dos Bancos de Alimentos. Segundo a ONG, a intermitência no acesso aos alimentos foi potencializada pelo contexto de crise gerada pela pandemia, em que cerca de 370 milhões de crianças no mundo perderam o acesso à alimentação escolar. O apoio da Disney vai garantir que as crianças continuem recebendo os alimentos que precisam para se nutrir e crescer de maneira adequada, por meio da compra de suprimentos e do treinamento de equipes para ter um impacto maior a médio prazo. Graças aos recursos disponibilizados pela Disney, os Bancos Alimentares apoiarão programas de alimentação escolar e educação nutricional, ampliarão o acesso à frutas e verduras e capacitarão suas equipes de trabalho e voluntários. “Somos inspirados pelo compromisso da Disney em minimizar a fome, especialmente entre as populações mais vulneráveis ​​da América Latina. Por meio dessa aliança, os membros dos Bancos de Alimentos poderão distribuir alimentos mais seguros e nutritivos à mais pessoas e comunidades”, comenta Ana Catalina Suarez Peña, Diretora de Operações na América Latina, da The Global FoodBanking Network.

Por sua vez, o projeto da ONG internacional Coaches Across Continents (CAC) utiliza a brincadeira para promover hábitos saudáveis ​​em comunidades vulneráveis ​​da Argentina, Brasil e México. O CAC elaborou um material educacional exclusivo, que permite que os  jovens tenham as ferramentas necessárias para trabalhar os valores centrais da Disney em relação à nutrição, atividade física, saúde mental e hidratação. O material é adaptado aos desafios enfrentados pelas comunidades nos países escolhidos e a ONG treinará oito organizações parceiras que vão oferecer programas de educação sustentável por um ano, ensinando a importância de uma vida saudável para adolescentes de 11 a 18 anos. Nick Gates, fundador da Coaches Across Continents, afirma: “Estamos honrados em expandir nossa parceria com a Disney na América Latina. Seu compromisso com uma vida saudável se alinha perfeitamente com nossa missão de cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Com isso, seremos capazes de educar milhares de meninas e meninos em oito comunidades sobre a importância de uma alimentação saudável, participação em atividades físicas e manutenção da saúde mental. À medida que vivenciamos uma pandemia global, a necessidade urgente desses tipos de programas só se torna mais aparente.”

Já o apoio à iniciativa Jogue pela Saúde, do Love Fútbol, busca promover a inclusão social por meio do esporte. A entidade realizará um projeto de educação relacionado à prática esportiva nas comunidades de Cururuquara (São Paulo) e Rio Doce (Pernambuco), que beneficiará mais de 200 meninos e meninas. Apesar da distância geográfica, ambas convivem com realidades semelhantes, comuns às periferias dos grandes centros urbanos do país. “O projeto, que será desenvolvido por um ano a partir de novembro de 2021, usará metodologias reconhecidas do Futebol para abordar as questões que mais afetam os jovens em cada comunidade, como segurança alimentar, promoção da saúde, igualdade de gênero e racismo estrutural”, afirma Pedro Leal, líder do projeto. Por fim, em parceria com o Instituto Esporte & Educação e o Instituto Mpumalanga, no Brasil, serão geradas atividades esportivas e culturais para as comunidades indígenas de Apurinã e Paumari, que buscarão conectar o esporte e a arte com a educação e o fortalecimento comunitário, alcançando mais de 100 famílias e 280 professores treinados.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.