Disponibilidade geral do Microsoft Cloud for Retail ajudará o setor varejista a acelerar os negócios

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Com as mudanças no comportamento de compras pelos consumidores, de restrições persistentes da cadeia de suprimentos e uma grave escassez de mão-de-obra, uma nova realidade surgiu. Uma realidade que exige que os varejistas acelerem suas capacidades digitais para fornecer aos consumidores o que eles querem, antes mesmo de solicitarem. Com a disponibilidade geral em 1º de fevereiro do Microsoft Cloud for Retail, a Microsoft enfrentará esse desafio fornecendo tecnologias que ajudarão os varejistas a conectar seus clientes, suas equipes e seus dados com um parceiro com quem possam confiar.

A Microsoft contribuirá para acelerar o crescimento dos negócios, fornecendo um conjunto completo de recursos específicos para o varejo em todo o portfólio da nuvem Microsoft.

De acordo com Shelley Bransten, vice-presidente corporativa global da Indústria de Varejo e Bens de Consumo, “tudo começa unificando diferentes fontes de dados ao longo da jornada dos compradores, de ponta a ponta, permitindo que os varejistas maximizem o valor de seus dados e atuem com uma visão holística dos consumidores. Uma vez conectados, dados e IA ajudam os varejistas a entender e elevar a experiência de compra dos clientes. Ao fornecer experiências mais relevantes e simplificadas por toda a cadeia de valor do varejo, os varejistas podem construir uma cadeia de suprimentos sustentável em tempo real e capacitar sua força de trabalho na linha de frente.”

Habilitados com recursos do Microsoft Cloud for Retail e o rico ecossistema de parceiros da Microsoft, os varejistas podem se entusiasmar com as quatro novas oportunidades descritas abaixo.

  1. Maximize o valor dos seus dados

Perceba o verdadeiro valor dos dados do varejista, unificando diferentes fontes de dados ao longo da jornada do comprador e descobrindo insights que permitam melhores experiências. 40 petabytes de dados são gerados a cada hora em sistemas de varejo, mas os dados estão em silos e desconectados. E a maioria dos varejistas acabam utilizando apenas uma fração dos dados disponíveis.

Bransten explicou em um post que, com o Microsoft Cloud for Retail, a Microsoft está usando modelos de dados para reunir vários sistemas e aplicativos, unificando diferentes fontes para estabelecer um perfil singular e profundo de cada comprador. Os recursos incluem perfis unificados de clientes, uma análise operacional e de compras, proteção inteligente contra fraudes e mídia no varejo.

“Quando você toma decisões com base em dados, sabe que vai colocar os produtos certos nas mãos dos clientes quando eles mais precisarem. E teremos funcionários satisfeitos, porque eles não terão de gerenciar um estoque desnecessário em suas lojas”.
Anne Cruz, gerente de TI da Cadeia de Fornecimento e Merchandising da Walgreens.

  1. Eleve a experiência de compra

Transforme a experiência de compra através da análise de dados e de novas tecnologias de loja para tornar os compradores mais engajados e com maior valor agregado. No cenário de varejo altamente competitivo de hoje, a personalização tornou-se o padrão. De acordo com a McKinsey, enquanto 95% dos CEOs de varejo dizem que estão priorizando estrategicamente a personalização, apenas 23% dos consumidores acham que as empresas estão fazendo um bom trabalho.

Com a personalização no centro das experiências de compras satisfatórias, o Microsoft Cloud for Retail ajuda a impulsionar a conversão, permitindo recomendações personalizadas e resultados de pesquisa. Os recursos incluem personalização em tempo real, lojas inteligentes, comércio unificado, soluções de marketing digital e atendimento integrado ao cliente.

“Queríamos entender melhor as preferências do cliente e como elas mudam com o tempo. Essas coisas são incrivelmente importantes para uma empresa do nosso tamanho entender”.
Sashi Kommineni, diretor de análise empresarial da Chipotle Mexican Gril.

  1. Construa uma cadeia de suprimentos sustentável em tempo real

Crie uma cadeia de suprimentos resiliente e sustentável conectando dados em todo o ecossistema para identificar problemas e otimizar o desempenho. Os consumidores de hoje estão frustrados com prateleiras vazias. Em muitos aspectos, 2021 foi o ano da cadeia de suprimentos ou das “dores de fornecimento”, como ficou conhecido. Segundo a McKinsey, no terceiro trimestre de 2021 mais de 60% dos consumidores enfrentaram falta de produtos no estoque e apenas 13% deles esperaram o item voltar em estoque para efetuar suas compras. Entre os que enfrentaram a falta de produtos no estoque, 32% acabaram trocando de varejista para fazer suas compras. Isso significa que muitos varejistas não estão apenas perdendo vendas, mas enfrentando uma redução na fidelidade dos clientes.

A transformação da cadeia de suprimentos começa com o reconhecimento de que os dados de um varejista são fundamentais. No entanto, apesar dos varejistas terem um tesouro de dados de toda a sua cadeia de suprimentos, muitos não conseguem utilizá-lo em sua plenitude. Com o Microsoft Cloud for Retail, estamos ajudando os varejistas a prever melhor a demanda usando AI para otimizar o estoque e a gestão de pedidos, fornecendo aos clientes mais opções entre os canais de contato. Além disso, estamos ajudando os varejistas a registrar, relatar e reduzir coisas como emissões de carbono à medida que se esforçam para se tornarem mais sustentáveis. Os recursos  incluem visibilidade da cadeia de suprimentos, planejamento e otimização da demanda, além de uma conformidade flexível.

“Ouvimos ótimos comentários dos nossos clientes sobre a excelente experiência utilizando nossa retirada na loja. Eles estão impressionados com a comunicação e o nível de serviço que estão tendo no Teams, e a confiança resultante significa mais compras em geral”.
Paul Medeiros, proprietário associado da Canadian Tire, Cataratas do Niágara.

  1. Capacite os vendedores

Equipe os vendedores na loja com soluções que permitam comunicações em tempo real, gestão da força de trabalho e automação das lojas. O varejo sempre foi, e sempre será, um negócio baseado em pessoas, com muitos funcionários de linha de frente do varejo. Se alguma vez houve alguma dúvida sobre a importância da linha de frente no varejo, então seus esforços hercúleos durante os últimos dois anos solucionaram de vez essas dúvidas. Esses super-heróis suportaram grande parte da mudança que vimos e experimentamos, com treinamento mínimo e desempenho surpreendente. Os resultados da pesquisa do recente Índice de Tendências de Trabalho da Microsoft mostram que 60% dos trabalhadores de linha de frente estão animados com as novas oportunidades que as ferramentas digitais trazem para o varejo, mas 34% sentem que ainda não têm a tecnologia certa.

Investir na experiência dos trabalhadores de linha de frente é investir na experiência do cliente. Por exemplo, soluções específicas do setor, como o Microsoft Cloud for Retail, podem fornecer dados sobre estoque e a cadeia de suprimentos em dispositivos móveis para que um vendedor possa ver rapidamente a disponibilidade de um produto fora de estoque e providenciar o envio ao cliente. Os varejistas que transformaram os recursos de linha de frente dessa forma têm visto retornos sem precedentes na satisfação do cliente. Os recursos aqui incluem comunicação e colaboração em tempo real na loja, gestão da força de trabalho de varejo, automação de processos e desenvolvimento de carreira.

“Com o Tasks no Teams, podemos criar uma cultura de atendimento ao cliente incansável e garantir que os comportamentos certos estejam presentes na busca desse objetivo. Se acertarmos o elemento de atendimento ao cliente, o resultado comercial falará por si só”. Cahir Mullan, parceiro de franquia e oftalmologista da Widnes Boots Opticians.

Parceria para a próxima era do varejo

“Construir capacidades digitais é a nova moeda que impulsiona a resiliência e o crescimento dos varejistas. Não só devido à pandemia, mas por eventos futuros, e pelos próximos anos. É por isso que a co-inovação digital é um foco para a Microsoft. Queremos que nossos clientes construam sua própria capacidade digital e se tornem independentes conosco, não dependentes de nós. Mas também sabemos que não podemos fazer isso sozinhos. É por isso que temos um incrível ecossistema de parceiros do setor que ampliam o valor do Microsoft Cloud for Retail com soluções adicionais que abordam seus desafios mais urgentes”, disse Shelley Bransten.

Este ecossistema de parceiros é uma rede crescente de soluções que usa um formato de modelo de dados comum para se integrar de forma perfeita e nativa por todo o Microsoft Cloud for Retail.

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência AceitarLeia mais