Duas ONGS brasileiras são premiadas no Desafio de Impacto Social Google | Deficiências

Assine nossa newsletter

Nessa semana o Google mais um grupo de beneficiários do Desafio de Impacto Social Google | Deficiências e há duas organizações brasileiras dentre as 30 escolhidas pelo mundo. O Desafio foi criado com um orçamento de 20 milhões de dólares em subsídios do Google.org e o objetivo de financiar e apoiar tecnologias que ofereçam oportunidade e independência para o um bilhão de pessoas que vivem com deficiência no mundo todo.
Desde que foi lançado no ano passado, como um convite para identificar, financiar e apoiar essas tecnologias, o Google.org recebeu mais de mil ideias inovadoras vindas de organizações espalhadas em 88 países, dando ao nosso time a oportunidade de conhecer pessoas incríveis que estão trabalhando com dedicação para criar um mundo que funcione para todos.
Uma das organizações brasileiras premiada é a APAE Rio Negrinho que, em parceria com a Tá.Na.Hora Saúde Digital, receberá 150.000 dólares (cerca de 520.000 reais no câmbio atual) para desenvolver um sistema de mensagens de SMS para apoiar famílias que têm crianças com deficiências de desenvolvimento e, assim, promover maior inclusão.
A outra organização do Brasil, a Inclusion without Borders, receberá 550.000 dólares, aproximadamente 1.900.000 reais. Com base nos EUA, a ONG foi fundada por Carlos Pereira, também criador da Livox – um aplicativo de tablets desenvolvido para ajudar pessoas com deficiência, que não conseguem falar, a se comunicar. Carlos fundou sua empresa em 2012 para ajudar a própria filha. O apoio do Google permitirá melhorar o Livox e outros dispositivos de comunicação desse tipo, por meio do desenvolvimento de novas camadas de tecnologia adaptativa e processamento de linguagem natural que tornarão a ferramenta mais dinâmica.
Em todos os projetos beneficiados o Google viu um grande trabalho sendo feito globalmente. Empregabilidade, educação, ferramentas de comunicação para aumentar a mobilidade e independência, cada um dos beneficiários está levando inovação às pessoas com deficiência. Além disso, essas organizações também se comprometeram a usar a tecnologia em um formato de código aberto para ajudar a quebrar muitas das barreiras que têm impedido a inovação em todos os setores.
 
Fotos Divulgação Google/Ketchum

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.