Tecnologia | Games | Filmes & Séries | Geek
Banner KTO

Eletrolar Show não apresenta muito destaque mas TCL e Tectoy roubaram a atenção

A Eletrolar Show é a maior feira de negócios entre a indústria e o varejo de eletros, Internet das Coisas (IoT), celulares, gamers, mobilidade e TI da América Latina, é uma grande vitrine de lançamentos, que chegarão para o consumidor final nos próximos meses. A 16ª edição do evento foi realizada de 10 a 13 de julho, no Transamérica Expo Center, e reuniu 700 marcas, que apresentaram mais de 10 mil produtos.

Com algumas ausências de grande porte sentidas tais como Samsung e LG, foi a TCL que chamou atenção com um estande enorme e algumas novidades para o mercado na linha branca. Além disso um lineup imenso de televisores. E um troféu da Conmebol atraia os clientes.

Anúncios

A dinâmica do evento é essa: os fabricantes de eletrônicos levam ao evento seus lançamentos para atrair os varejistas que levarão em breve esses produtos ao ponto de vendas para os consumidores. Assim é preciso “gritar” para chamar a atenção desses compradores.

O segmento parece estar pragmático, apesar de registrar um crescimento nas vendas, ainda não é suficiente para se equiparar aos valores pré-pandemia. O momento econômico colabora para isso, com as taxas de juros elevadas, as pessoas fazem menos crediário, que é basicamente o jeito que o brasileiro compra eletrônicos. Assim o setor defende uma diminuição “responsável” da taxa básica de juros.

Talvez por isso não foi um evento de muitas novidades. Eu andei por praticamente todo o espaço e foram poucas coisas que me chamaram a atenção.

Anúncios

A Tectoy é conhecida por muita gente como uma empresa ligada ao mundo dos games. Mas hoje ela tem várias frentes, entre eletrônicos e até produtos para varejo, tais como totens de autoatendimento. E a empresa é uma das maiores fabricantes de máquinas de cartão: ao pagar uma conta no restaurante você já pode ter usado uma máquina fabricada pela Tectoy e nem sabia. A empresa fez uma reestruturação nos últimos anos. “Hoje trabalhamos com três verticais de negócios: eletrônicos e games, automação comercial e a parte de meios de pagamentos – a cada 10 maquininhas de pagamento, 7 são fabricadas pela Tectoy. É uma nova Tectoy”. Me explicou o Valdeni Rodrigues que é CEO da Tectoy.

Foi ele que apresentou também um dos produtos que chamavam a atenção no stand. Um pequeno computador que cabe na palma da mão e pode ficar acoplado ao monitor, já com saída de vídeo e conexões para teclado e mouse.

Já os mais saudosistas vão gostar dessa nova versão do Atari: menorzinho e com mais de 100 jogos instalados. Não precisa nem assoprar o cartucho pra funcionar.

Uma casa inteligente completinha.

Anúncios

Já a Positivo Casa Inteligente equipou uma casa-cenário dentro do evento: das câmeras ao aspirador da casa, tudo era da empresa. Fitas de LED e luminárias inteligentes futuristas davam um charme ao espaço. Até as fechaduras estão inteligentes, sendo uma que pode funcionar até com biometria, ou outra que pode ser adaptada em qualquer porta e um pouco mais discreta.

O Rafael Sczcepanik é coordenador de desenvolvimento de produtos da Positivo, e fez uma tour comigo pelo espaço mostrando cada detalhe de um portfolio que impressiona. Tudo por causa da demanda dos clientes. “Hoje a gente tem uma base de usuários muito engajada e já temos clientes que começaram com lâmpadas e hoje tem mais de cinco produtos”, explicou.

Tecnologia com sustentabilidade e preocupação com o meio-ambiente.

Hoje em dia não dá pra falar de tecnologia sem sustentabilidade. Todo o mercado tem tido essa postura de colocar isso em pauta. A reciclagem tem sido cada vez mais um assunto pautado nesse segmento e por conta disso a ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos – estava com um stand com coleta de material eletrônico para reciclagem e também divulgando as atividades do setor. “Existem diferentes de maturidade, começando inclusive do consumidor com o descarte correto dos produtos e também do empresário em atuar nessa área do ambientalmente correto.”, explicou o Nilson Maestro, diretor-presidente da entidade. Fora da Eletrolar eles atuam também com campanhas de conscientização e até com parcerias com prefeituras para realizar eventos de descarte de lixo eletrônico, por exemplo. “O consumidor é uma peça fundamental nesse processo.”, finalizou.

Anúncios

Confira a cobertura que eu fiz para o SBT News, sobre o evento:

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar