Tecnologia | Games | Filmes & Séries | Geek

FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS do Belas Artes Grupo começa em 1° de agosto em São Paulo

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Sinny Assessoria e Comunicação

FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS do Belas Artes Grupo começa em 1° de agosto em São Paulo
Evento exibirá no REAG Belas Artes novos trabalhos de Karim Aïnouz, Rithy Panh, além de outros filmes premiados e inéditos no Brasil

Anúncios

Entre 1° e 14 de Agosto o REAG Belas Artes, em São Paulo, será o centro de uma volta ao mundo em produções cinematográficas de 20 países que formam a seleção da primeira edição do FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS, realizado pelo Belas Artes Grupo. Todos são inéditos no circuito brasileiro, e apresentam as novas obras de cineastas renomados, como o brasileiro Karim Aïnouz e o cambojano Rithy Pan, além de um longa do célebre cineasta polonês Krzysztof Kieslowski. O festival é patrocinado pelo Desenvolve São Paulo, Secretaria do Estado de São Paulo e o Ministério da Cultura.

Dezessete longas já estão confirmados para o festival – quinze filmes de quinze países diferentes, mais dois longas convidados como exibições especiais, sendo eles Motel Destino, de Aïnouz, e Spokój/The Calm, de Kieslowski, originalmente lançado em 1976, mas ainda inédito no Brasil. Os filmes do festival foram escolhidos por uma curadoria que valorizou a qualidade artística das obras e filmes que valem a pena serem vistos no cinema. Além disso, esses 20 longas trazem histórias bem contadas com um apuro estético e formal. São filmes que nem sempre chegam ao circuito nacional, por isso ressalta-se a importância de assistir no FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS. Outra novidade é o prêmio do público, que irá escolher seu filme favorito por meio de uma votação.

Anúncios


O festival será uma oportunidade para ver longas premiados, como o canadense Universal Language, de Matthew Rankin, ganhador do principal prêmio da Quinzena dos Realizadores em Cannes, e a coprodução entre Espanha e Costa Rica, em Memorias de un Cuerpo que Arde, de Antonella Sudasassi, vencedor do Prêmio do Público na mostra Panorama do Festival de Berlim 2024; além de filmes de diretores veteranos e renomados, como Meeting Pol Pot, de Rithy Panh; e novos e promissores cineastas, como Animale, da franco-argelina Emma Benestan, ambos exibidos no último Festival de Cannes.
Krzysztof Kieslowski marca presença dupla no festival. Além da exibição da cópia restaurada de Spokój/The Calm, de 1976, no qual um jovem ex-detento é alvo de perseguição por seus colegas de trabalho quando desconfiam que ele seja um traidor numa greve, o cineasta polonês está ligado ao filme iraniano Café, de Navid Mihandoust, no qual um cineasta sonha com um filme de Kieslowski, porém, proibido pelo governo de fazer filmes, ele passa os dias em um café. O diretor Mihandoust foi condenado a três anos de reclusão com acusações injustas resultantes de um documentário que ele realizou em 2009, centrado na vida profissional de Masih Alinejad, uma jornalista iraniana e ativista dos direitos das mulheres.

A volta ao mundo do FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS continua, passando por países como Geórgia, com Gondola, de Veit Helmer; Irlanda, com Lola, de Andrew Legge, exibido em Locarno; o indiano The Cloud and the Man, de Abhinandan Banerjee, premiado em Calcutá e Caracas; Nepal, com Shambhala, de Min Bahadur Bham, que foi exibido em competição no Festival de Berlim deste ano; e Bélgica, com Soundtrak to Coup d’Etat, de Johan Grimonprez, vencedor do Prêmio Especial do Júri por Inovação Cinematográfica no Festival de Sundance 2024, vencedor do Grande Prêmio de Melhor Documentário Internacional no Festival Internacional de Cinema de Sófia 2024, e vencedor do Persistence of Vision Award no Festival Internacional de San Francisco 2024.
O Peru é representado por Reinas, de Klaudia Reynicke-Candeloro, que foi ganhador do Grand Prix Generation Kplus International no Festival de Berlim 2024; a Arábia Saudita por Norah, de Tawfik Alzaidi, exibido no Un Certain Regard, em Cannes, onde levou o prêmio de Melhor Atriz; Tunísia por Mé el Aïn/Who do I belong to, de Meryam Joobeur, que parte do curta da diretora chamado Brotherhood, indicado ao Oscar; os EUA por All Dirt Roads Taste of Salt, da estreante Raven Jackson, produzido e distribuído em seu país pela A24; e o Japão por O Homem Com a Caixa de Papelão, de Gakuryu Ishii, que teve uma sessão especial no Festival de Berlim de 2024, e é inspirado num romance clássico de Kobo Abe.

O único filme brasileiro na competição oficial do Festival de Cannes, Motel Destino, de Karim Ainouz, será o filme de encerramento do festival em 14 de agosto. O longa é protagonizado por Fábio Assunção, Iago Xavier e Nataly Rocha, e se passa no estabelecimento que dá nome ao filme, na beira de uma estrada, no litoral do Ceará, onde moram o dono e sua jovem esposa, mas a chegada de um rapaz transformará a vida de ambos.

Anúncios

Cada filme terá três sessões durante o festival, e os ingressos terão preços acessíveis: R$ 5,00 (meia-entrada) e R$ 10,00 (inteira). Além disso, também será possível adquirir um passaporte que dará direito a cinco sessões do FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS. A programação completa e os três últimos filmes que completam a seleção serão anunciados em breve.

Serviço:
FESTIVAL FILMES INCRÍVEIS
Abertura: 31 de julho às 19h30
Quando: 1 a 14 de Agosto
Onde: REAG Belas Artes
Endereço: R. da Consolação, 2423 – Consolação
Ingresso: R$ 5 e R$ 10 – na bilheteria e no site
Passaporte: R$ 75 – válido para cinco sessões
Em breve lista completa com 20 longas serão divulgados

15 Filmes já confirmados:

Anúncios

Café (Café)
Irã, 2023, 1h36min., cor, drama, idioma: persa
Direção: Navid Mihandoust

Meeting Pol Pot
Camboja/França/Turquia/Taiwan/Catar, 2024, 1h52min, cor, drama, idioma: francês
Direção: Rithy Pan
Seleção Oficial do Festival de Cannes 2024

Animale
França, 2024, cor, 1h38min., idioma: francês
Direção: Emma Benestan
Filme de encerramento do Festival de Cannes 2024.

Anúncios

Gondola
Alemanha/Georgia, 2023, 1h22min., cor, comédia/drama/romance, idioma: sem diálogos
Direção: Veit Helmer

Memorias de un Cuerpo que Arde
Espanha/Costa Rica, 2024, 1h30min., cor, drama, idioma: espanhol
Direção: Antonella Sudasassi
Vencedor do Prêmio do Público na mostra Panorama do Festival de Berlim 2024; Selecionado para a Competição Ibero-Americana do Festival Internacional de Seattle.

Lola
Irlanda/Reino Unido, 2022, p/b, 79 min., idiomas: inglês e alemão
Direção: Andrew Legge
Selecionado para o Festival Internacional de Locarno na Competição de Melhor Primeiro Filme; Prêmio de Melhor Diretor no Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires 2023.

Anúncios

The Cloud and the Man (Manikbabur Megh)
India, 2021, 1h37min., cor e p/b, drama/fantasia, idioma: bengali
Direção: Abhinandan Banerjee
Selecionado para a 75ª Edição do Festival Internacional de Cinema de Edimburgo, e concorreu ao Prêmio Firebird na Competição de Cinema Jovem (Mundial) no 46º Festival Internacional de Cinema de Hong Kong.
Vencedor do prêmio NETPAC de Melhor Filme Asiático, no 27º Festival Internacional de Cinema de Calcutá; Vencedor do Prêmio de Melhor Filme no Festival Ibero-Americano de Caracas 2023; Selecionado para o Festival Internacional de Edimburgo 2022; Selecionado para o Festival Internacional de Hong Kong 2022; Selecionado para o Festival Internacional de Santa Barbara 2022.

Shambhala
Nepal, 2020, cor, 1h38min., drama, idioma: quirguistão/inglês
Direção: Min Bahadur Bham
Selecionado para o Festival de Berlim 2024 concorrendo ao Urso de Ouro de Melhor Filme. Este é o primeiro longa-metragem nepalês a competir em um grande festival e o primeiro filme do sul da Ásia em três décadas na principal competição da Berlinale.

Soundtrak to Coup d’Etat
Bélgica/França, 2024, 2h30min., cor e p/b, documentário, idiomas: francês/inglês/holandês
Direção: Johan Grimonprez
Vencedor do Prêmio Especial do Júri por Inovação Cinematográfica no Festival de Sundance 2024; Vencedor do Grande Prêmio de Melhor Documentário Internacional no Festival Internacional de Cinema de Sófia 2024; Vencedor do Persistence of Vision Award no Festival Internacional de San Francisco 2024.

Anúncios

Reinas
Peru/Suíça, 2024, 1h44min, cor, drama, idioma: espanhol
Direção: Klaudia Reynicke-Candeloro
Vencedor do Grand Prix Generation Kplus International no Festival de Berlim 2024; Selecionado para a mostra World Cinema do Festival de Sundance 2024.

Norah
Arábia Saudita, 2023, cor, 114 min., drama, idioma: árabe
Direção: Tawfik Alzaidi
Exibido na sessão Un Certain Regard, do Festival de Cannes, o primeiro da Arábia Saudita nos 77 anos de história do festival.

Universal Language
Canadá, 2024, cor, 1h29min., comédia, idioma: persa/francês
Direção: Matthew Rankin
Vencedor do Prêmio do Público da Quinzena dos Diretores no Festival de Cannes 2024.

Mé el Aïn/Who do I belong to
Tunísia, 2024, cor, 2h, drama, idioma: árabe
Direção: Meryam Joobeur

All Dirt Roads Taste of Salt
EUA, 2023, cor, 92 min., drama, idioma: inglês
Direção: Raven Jackson
O filme teve sua estreia mundial na competição do Festival de Cinema de Sundance de 2023, também foi exibido no 71º Festival Internacional de Cinema de San Sebastián e no Festival de Cinema de Nova York de 2023, e foi considerado um dos 10 melhores filmes independentes de 2023 pelo National Board of Review.

O Homem Com a Caixa de Papelão (Hako Otoko)
Japão, 2024, 120min., cor e p/b, drama, idioma: japonês
Direção: Gakuryu Ishii
Exibido na mostra “Berlinale Especial”, do Festival de Berlim 2024.

Sessões especiais:

Spokój/The Calm
Polônia, 1976, cor, 1h21min, drama, idioma: polonês
Direção: Krzysztof Kieslowski
Nunca exibido no Brasil. Em 1981, recebeu o Prêmio Especial do Júri do Festival de Cinema Polonês.

Motel Destino
Brasil, 2024, cor, suspense, 115 min., idioma: português
Direção: Karim Ainouz
“Motel Destino” foi o único filme brasileiro na Seleção Oficial do Festival de Cannes 2024, concorrendo à Palma de Ouro.

Sobre o Belas Artes Grupo

Formado em 2020, o Belas Artes Grupo reúne três empresas de destaque no mercado audiovisual brasileiro: o REAG Belas Artes, um dos mais tradicionais cinemas de rua da cidade São Paulo, inaugurado em 1967; a Pandora Filmes, distribuidora de filmes independentes mais antiga do Brasil, responsável por lançamentos como Que horas ela volta? e Parasita; e o À LA CARTE, streaming de filmes lançado em abril de 2020, que conta com uma curadoria pensada para quem ama cinema de verdade e que leva para seus assinantes filmes de todos os cantos do mundo e de todas as épocas. O Belas Artes Grupo é 100% nacional e é comandado por André Sturm.

Tenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar