FINAL DO CAMPEONATO MUNDIAL DE LEAGUE OF LEGENDS 2018 QUEBRA RECORDE DE AUDIÊNCIA EM ESPORTS

Assine nossa newsletter

A Riot Games acaba de divulgar os números oficiais da audiência do Campeonato Mundial League of Legends 2018, o torneio anual que reúne as principais equipes de 14 ligas regionais de LoL para competir pelo título de melhor do mundo.
 
A final da competição, que ocorreu em Incheon, Coreia do Sul, teve 99,6 milhões de espectadores únicos sintonizados durante a partida, chegando a 44 milhões de espectadores simultâneos, com uma audiência média de 19,6 milhões. A audiência média por minuto é um valor que descreve a quantidade média de espectadores que visualizaram a transmissão durante um determinado minuto do programa e é tradicionalmente usada para medir a audiência televisiva de grandes eventos esportivos.
 
Na última temporada, a audiência do Campeonato Mundial de LoL alcançou 80 milhões de espectadores únicos.
 
“Há oito anos, nós trabalhamos arduamente para transformar o League of Legends no próximo esporte global de primeira linha”, diz Whalen Rozelle, Co-Head de Esports da Riot Games. “O interesse internacional que vemos, em particular no Mundial, é resultado direto de nosso investimento no desenvolvimento de um ecossistema competitivo e profundo em níveis regionais e globais. Estamos seguindo em direção ao nosso objetivo de fazer do LoL o primeiro Esport multigeracional e sustentável.”
 
Uma plateia lotada com mais de 23 mil fãs vibrou quando a equipe Invictus Gaming, da China, derrotou a FNATIC, da liga europeia. O Campeonato Mundial de 2018 também viu a Cloud9, da América do Norte, chegar às semifinais, um feito inédito para uma equipe da região em toda a história do League of Legends.
 
Mais que um Esport
Milhões de fãs em todo o mundo também assistiram à Cerimônia de Abertura do Campeonato Mundial, apresentada pela Mastercard, que estreou o K/DA, um grupo musical criado pela Riot Games, e sua música “POP/STARS”, apresentada no palco por Madison Beer, (G)-IDLE e  Jaira Burns. A performance contou com as artistas se apresentando lado a lado das personagens de League reproduzidas no palco por meio de realidade aumentada.

O videoclipe de “POP/STARS” alcançou o primeiro lugar nas paradas musicais da Billboard, o número 1 na Top Songs do Google Play, o número 1 no iTunes K-Pop e o número 2 no iTunes all Pop. A música acumulou mais de 242,8 milhões de streams considerando os vídeos e a própria música.
 
Além disso, a música tema do Campeonato Mundial de 2018, “Rise”, produzida pela Riot Games em parceria com The Glitch Mob, Mako e The World Alive, acumulou mais de 143,7 milhões de streams de vídeos e músicas.
 
“League of Legends é hoje um fenômeno de entretenimento global com um universo incrivelmente rico”, disse Jarred Kennedy, Co-Head de Esports na Riot Games. “Nossa jogada de adicionar mais elementos de entretenimento no Mundial deste ano reflete esse mundo de possibilidades e os resultados vistos em Rise e POP/ STARS validam nossa visão para o futuro do entretenimento de Esports. Estamos empolgados com o fato de que nossos jogadores e o público mais amplo que sintoniza o Campeonato Mundial se identificaram com as atrações”.
 
Uma temporada para ficar na memória
O Campeonato Mundial foi o último torneio da temporada competitiva de League of Legends, que terminou no fim de semana passada em Las Vegas com o tão esperado amistoso All-Star. O Mundial é um evento de um mês com as 24 melhores equipes de 14 ligas competitivas que lutam pela tão esperado troféu de melhor do mundo.
 
Um total de 144 jogadores profissionais de mais de 30 nações diferentes se classificaram para o torneio após uma temporada completa de competição. O campeão de 2018, Invictus Gaming, qualificou-se através da liga chinesa e tornou-se o primeiro time da China a vencer o concorrido torneio.
 
O torneio foi transmitido por mais de 30 plataformas e emissoras de televisão, incluindo o Twitch e o Youtube na América do Norte e Europa; a plataforma de streaming da Tencent e a televisão ESPTV, na China; e as emissoras OGN e AfreecaTV, na Coreia do Sul. No Brasil, o campeonato foi transmitido pela SporTV.
 
De olho no futuro
A temporada de League of Legends de 2019 começará em janeiro e veremos mais de 113 equipes profissionais de todo o mundo tentando se classificar para o Campeonato Mundial. As ligas na Europa e na Turquia vão introduzir estruturas de parceria de longo prazo com organizações/equipes, a exemplo do que fizeram a China e a América do Norte em 2018.
 
A China também vai aprimorar seu modelo de localização geográfica das equipes em 2019, após sua introdução na última temporada, enquanto os mercados emergentes de League of Legends, incluindo o Vietnã e o Brasil, aprimoram seus canais de distribuição e conteúdo.
 
Para mais informações sobre o Esport mais popular do mundo, acesse o site BR LoL Esports.
 
Sobre a Riot Games
A Riot Games foi criada em 2006 por Brandon Beck e Marc Merrill com a intenção de mudar a forma como os games são desenvolvidos para os jogadores. Em 2009, a companhia lançou seu primeiro título, League of Legends, aclamado mundialmente. O game de PC se tornou o mais jogado no mundo e um dos principais impulsionadores do crescimento explosivo dos Esports. Os jogadores são a base da comunidade da Riot e é para eles que a empresa continua a evoluir e a melhorar a experiência em League of Legends. A Riot Games está sediada em Los Angeles, Califórnia, e tem 23 escritórios em todo o mundo.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.