Folha de São Paulo busca novos formatos em parceria com a Vice

Assine nossa newsletter

Se você acompanha o mercado de mídias impressas vai ver que tivemos uma demissão coletiva em vários veículos deste segmento. É meus caros leitores a conta não está fechando mais. E no mercado a regra é clara: quem não se atualiza dança.
Foi neste contexto que recebi hoje um release da agência Lema dizendo que a produtora de conteúdo VICE fechou parceria com a Folha de São Paulo. Vamos ao conteúdo do material e já volto.

Assine nossa newsletter

A VICE, maior media company do mundo para o público jovem, fechou uma parceria estratégica de divulgação de seu conteúdo com a FOLHA DE S. PAULO.
A VICE disponibilizará conteúdo, que poderá ser texto, vídeo e foto, tanto nacional quanto internacional, produzido pelas equipes de seus escritórios em 25 países, em especial do time no Brasil, com a assinatura a sua característica de jornalismo imersivo. A FOLHA DE S.PAULO poderá publicar diariamente no jornal esse conteúdo e no site poderá utilizar ao menos três janelas semanais, de no mínimo quatro horas de exposição na home.
Segundo Daniel Conti, General Manager da VICE, a parceria funciona como um complemento por meio do qual os leitores da FOLHA podem ver e rever fatos relevantes do momento sob uma perspectiva diferente. “Cada vez mais os leitores buscam no jornalismo imersivo, na crônica, na reportagem de fôlego e no texto interpretativo feito pela VICE, como um vetor inteligente de consumo de informação relevante no dia a dia. Ao mesmo tempo o alcance é ampliado, encontrando uma parcela somatória de jovens que consomem as notícias do jornal e do site”, explica.
“Essa é uma parceria do tipo ganha-ganha”, afirma o editor-executivo da FOLHA, Sérgio Dávila. “Ganhamos um conteúdo vibrante e de qualidade e a VICE ganha tráfego para seu site e mais divulgação de sua marca no Brasil”, completa.

Eu acho que este caminho das parceiras de conteúdo e de publicidade nativa (conteúdo + marcas) deverá ser tendência e a salvação de muitos veículos, e você leitor o que acha?

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.