GOD UNIDAS estreia com equipe mais jovem da LBFF

A equipe GOD Unidas se prepara para estrear neste sábado (12) na Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), o principal campeonato do jogo mobile da Garena no Brasil, com um diferencial que promete tornar as disputas ainda mais emocionantes: é a equipe mais jovem entre os 18 times de elite da competição.

A equipe da GOD UNIDAS será formada pelos integrantes Bops, ARRUDA, MINUZZI, Miguel e Mike – todos com apenas 16 anos de idade. Apesar da faixa etária reduzida, a equipe promete driblar a falta de experiência com muita dedicação, estratégia e jogo em equipe.

“Estamos bem treinados para desempenhar o nosso melhor nesta LBFF. Sabemos de nossas capacidades e colocaremos em prática tudo o que sabemos ao longo do campeonato”, afirma Rafael Magalhães, um dos diretores da equipe.

A quinta edição do torneio (LBFF 5) ocorrerá entre 12 de junho e 24 de julho, com partidas aos sábados, domingos e segundas. A fase de grupos da competição terá duração de seis semanas e ocorrerá entre os dias 12 de junho e 19 de julho, período em que haverá 108 partidas em 18 rodadas.

A grande final da LBFF reunirá os 12 melhores times da fase de grupos e será realizada no dia 24 de julho a partir das 13h. As disputas do Grupo de Acesso, última chance dos times que ficaram entre 13º e 16º lugar permanecerem na primeira divisão da Liga, ocorrem no dia 31 de julho. A classificatória terá participação de oito equipes da Série B, que ficarem entre 3º e 10º na disputa.

GOD UNIDAS

Escolhida para receber o apoio da Unidas, a equipe GOD, que agora passa a se chamar GOD UNIDAS, foi criada há dois anos por um dos atletas precursores do Free Fire no Brasil. Desde então, está sempre presente nos principais espaços dos rankings da liga nacional e também já obteve ótimos resultados em competições internacionais.

Em julho e em outubro deste ano, a equipe estará focada nas disputas da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Em tempos de competições, o time fica alocado na Gaming House da GOD UNIDAS, localizada em São Paulo. Os atletas, com idades entre 16 e 20 anos, passam a ter horário para treinar, estudar, momentos de lazer e atendimento com profissional de psicologia. Tudo sob o olhar atento de um treinador e dos managers. “O apoio da Unidas será muito importante e certamente mudará a história da equipe. Nosso objetivo é crescer dentro de um cenário que oferece tantas oportunidades, além de poder expandir o nosso portfólio e equipe para outros jogos e plataformas. Essa parceria é fundamental para isso!”, comenta Rafael Magalhães, um dos diretores da equipe.

O mercado dos e-Sports

Quando se fala em faturamento, os games já superaram o cinema, a música e o mercado de streamings. Os valores da indústria de jogos variam entre US﹩ 120 bilhões e US﹩ 160 bilhões a depender do estudo, mas todas concordam que ela já vale mais que as indústrias do cinema e da música juntas. Em 2021, inclusive, pela primeira vez, a indústria de games ganhou seu primeiro Oscar. O filme “Collete” levou a estatueta de melhor curta-metragem na maior premiação do cinema do mundo e é uma produção feita para um jogo que pode ser desbloqueada e baixada pelos jogadores para ser assistida em um equipamento de realidade virtual.

Enquanto a indústria não para de quebrar recordes de crescimento e visibilidade, os números de faturamento também não param de subir – segundo a Newzoo, o mercado de eSports irá faturar US﹩ 1 bilhão pela primeira vez em 2021, superando em 14,5% o ano anterior. A Newzoo aponta que o Brasil é o terceiro país com mais entusiastas de eSports, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Não à toa, a imprensa passou a dedicar programas e editorias com coberturas exclusivas para noticiar tudo que acontece neste universo, principalmente nos canais e portais esportivos. No que se refere aos eSports, a visibilidade também é superlativa.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.