Grrrls League abre inscrições para novos open qualifiers

Assine nossa newsletter

A espera acabou! A Game XP abriu hoje as inscrições do primeiro de três open qualifiers que vão definir os times classificados para a fase de Relegation. As três equipes, cada uma vencedora de um open qualify, vão se juntar ao W7M – que ficou em sexto colocado no primeiro split da liga – na fase que funcionará como uma espécie de repescagem e que vai garantir a um dos quatro timesuma vaga no segundo split da Grrrls League. As inscrições para o primeiro open qualify seguem até o dia 29 de março e as equipes formadas por pessoas a partir dos 16 anos (classificação indicativa do game CS:GO) e que se identifiquem com o gênero feminino podem se inscrever na disputa.

Após o sucesso do primeiro split da liga promovida pela Game XP, quando somente a partida final teve mais de um milhão de views, a organização espera uma grande procura pelas inscrições. Cada qualify terá 32 vagas e os times poderão se inscrever em mais de uma eliminatória aberta, desde que não tenha sido o vencedor do qualify anterior. As inscrições são feitas por meio da plataforma Gamers Club, a mesma que vai abrigar as partidas do primeiro open qualify marcadas para os dias 29 e 31 de março. Os fãs de eSports poderão acompanhar as transmissões ao vivo nos canais da Game XP (@gamexpoficial) na Twitch e no TikTok.

“Tivemos um primeiro split emocionante! As jogadoras se entregaram e suaram a camisa a cada partida, mostrando aquilo que a gente já sabia: o cenário feminino de eSports no Brasil merece e precisa ser valorizado. Com muito orgulho, demos o pontapé inicial para isso e já vimos o mercado se movimentar para oferecer premiações mais competitivas e condições mais igualitárias”, conta Roberta Coelho, CEO da Game XP.

Para não ficar ninguém de fora, assim como no primeiro open qualify da liga, quem não tiver um time formado poderá encontrar outras competidoras, que também desejam formar uma equipe, por meio de um canal no Discord criado pela Game XP. Basta acessar a plataforma pelo site www.gamexp.com.br/grrrlsleague e encontrar as jogadoras para formar o time.

A competição é uma oportunidade única para as meninas que desejam tentar uma carreira profissional no mundo dos eSports. Além da visibilidade do campeonato e da premiação no valor de R﹩200 mil distribuída ao longo dos dois splits, a liga oferece um suporte financeiro para os times participantes, incluindo o vencedor do Relegation.

Assine nossa newsletter

Primeiro split da Grrrls League é sucesso de views

O primeiro split da Grrrls League foi sucesso de público. As transmissões, que aconteceram nos canais da Twitch e no TikTok da Game XP – além da exibição dos playoffs no canal do Gaules, segundo maior streamer de games do mundo – tiveram mais de 3.2 milhões de views. Esta foi a primeira vez que o TikTok foi palco para transmissões de eSports no mundo e a repercussão foi acima do esperado.

A fase de Relegation tem início após o encerramento do primeiro split, em que as meninas da MIBR derrotaram a equipe FURIA – garantindo o primeiro lugar na primeira etapa da maior liga feminina de CS: GO do mundo. A partida emocionante e disputadíssima até o último minuto, foi assistida por mais de 600 mil pessoas. Além de MIBR e FURIA, seguem na disputa Black Dragons e Havan Liberty, que se classificaram em terceiro lugar, e a Soberano, que ficou com a quarta posição.

Sobre a Game XP

O Game XP é o evento mais aguardado por gamers e interessados no seguimento dos jogos online. No último ano, o evento reuniu 95 mil visitantes em quatro dias no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca. A última edição do gerou 10 mil empregos, com impacto econômico de R﹩ 82,3 milhões e R﹩ 11,1 milhões de impostos recolhidos.

A Game XP aconteceu pela primeira vez no Rock in Rio 2017 e consagrou-se como o maior evento gamer da América Latina. Em 2018, a Game XP passou a acontecer de forma independente, transformando-se, também, no primeiro GamePark do mundo.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.