Heavy Metal Machine é MOBA divertido com vários elementos que chamam a atenção

Assine nossa newsletter

O conceito você já conhece: chegar até a base inimiga, mas o game da desenvolvedora brasileira Hoplon conseguiu colocar vários elementos que deixam o game muito divertido e bonito.

Você pilota um dos diversos carros disponíveis numa partida de 4 x 4. No meio do mapa há uma bomba que deve ser capturada e jogada na base do inimigo (pode lembrar uma espécie de gol).

Os quatro jogadores de cada time se dividem entre o carregador, suporte e interceptador. Cada carro tem 3 armas ou habilidades e um quarto poder especial (ULT). No meio do mapa há trechos que fazem o carregador perder a bomba e locais onde não é possível passar com ela.

O game é gratuito para jogar e minha dica é que você já comece pelos 3 tutoriais disponíveis exaustivamente antes de entrar em campo para valer. Isso porque a movimentação com o seu carrinho não é com as teclas WASD, mas usando o mouse.

Além disso a posição dos dedos no teclado muda para que você possa usar os poderes nas teclas QWER. Não demora para você pegar o jeito, mas sempre acho um desrespeito entrar num game online zerado de destreza.

Assine nossa newsletter

Por falar nisso em todas as partidas que eu joguei não notei nenhum comportamento tóxico, o que foi um ponto positivo para mim e garantiu diversão nas diversas partidas que joguei.

A gameplay é bem competitiva e isso deixa o jogo bem dinâmico e concentrado nos momentos de combate. Raras vezes você ficará parado esperando algo acontecer.

Os itens cosméticos disponíveis na loja são belíssimos e os carros tem skins iradas. Há também efeitos de vitória e respawn que merecem a atenção pela beleza dos gráficos.

Como o jogo leva Heavy Metal no nome a atitude rocker está em todo jogo seja nas belas trilhas sonoras, ou nas narrações e dicas de ambientação.

Veredito

Se você curte MOBAS mas queria algo diferente, com elementos bem variados do que você verá em outros jogos Heavy Metal é uma ótima pedida.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.