Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

HP anuncia o Digital Equity Accelerator 2024 para impulsionar a inclusão digital globalmente

Em um esforço para reduzir a exclusão digital global e promover oportunidades inclusivas, a HP Inc. (NYSE: HPQ) e a HP Foundation convidam organizações sem fins lucrativos para se inscreverem no Digital Equity Accelerator 2024. O programa oferece a 10 organizações selecionadas uma doação de US$ 100.000, tecnologia da HP (com valor aproximado de US$ 100.000) e seis meses de treinamento virtual para ampliarem soluções de equidade digital focadas em oportunidades educacionais, de saúde e econômicas. A HP aceitará inscrições até 1º de março de 2024, e organizações no Brasil, Canadá* e Polônia estão convidadas a se inscreverem.
“Na HP, acreditamos no poder da tecnologia para criar um impacto positivo e sustentável, e estamos comprometidos em acelerar a equidade digital para aqueles mais afetados pela exclusão digital”, disse Michele Malejki, Chefe Global de Impacto Social da HP Inc. e Diretora da HP Foundation. “Estamos entusiasmados com as soluções inovadoras que vão surgir do Digital Equity Accelerator 2024, à medida que colaboramos para criar um futuro mais inclusivo e conectado.”
Uma exclusão digital de mais de US$ 1 trilhão está impedindo que bilhões de pessoas consigam acesso igualitário e oportunidades educacionais, de saúde e econômicas. Por meio do Digital Equity Accelerator, a HP está ajudando a criar um mundo mais equitativo através do acesso a hardware, conectividade, alfabetização digital e conteúdo relevante e de qualidade. O Accelerator ajuda organizações a fortalecerem suas capacidades e ampliarem o impacto de soluções de equidade digital, especialmente entre as pessoas que são tradicionalmente excluídas.
Desde 2022, ex-participantes do Accelerator têm se concentrado impulsionar o progresso para mulheres, avançar a tecnologia para pessoas com deficiência e populações idosas, e aumentar a equidade digital em comunidades sub-representadas ou com recursos limitados, incluindo mulheres e meninas, pessoas com deficiência e populações idosas, grupos historicamente desconectados e educadores e profissionais de saúde. Nos dois primeiros anos, o Accelerator ajudou a ampliar o alcance de 17 organizações participantes em 8,1 milhões de pessoas

Países do Programa 2024: Impulsionando a Equidade Digital no Brasil, Canadá* e Polônia
A HP selecionou estrategicamente países para abordar lacunas específicas de equidade digital. Esses países representam diversos desafios em termos de equidade digital, alinhando-se com o compromisso da HP de promover o acesso inclusivo globalmente.
• O Brasil, apesar do aumento do acesso à Internet residencial, tem uma lacuna digital pronunciada que afeta grupos vulneráveis, incluindo populações indígenas, negros e idosos.[1]
• O Canadá*, apesar do alto uso da Internet, tem desigualdades persistentes entre as comunidades indígenas e rurais, com esforços direcionados para reduzir lacunas de conectividade.[2]
• A Polônia enfrenta divisões persistentes, especialmente em áreas rurais e entre as populações refugiadas.[3]

Anúncios

A exclusão digital global limita o acesso igualitário a oportunidades educacionais, de saúde e econômicas
A crescente exclusão digital está remodelando o cenário educacional, impactando experiências de aprendizado dos jovens e influenciando a futura força de trabalho, conforme destacado pela Global Business Coalition for Education (2022):
• Desigualdade digital: Em 2020, apenas (34%) dos estudantes do ensino primário, (41%) do secundário e (68%) dos alunos do ensino superior tinham acesso a um computador conectado à Internet em casa.
• Deficiências educacionais: Mais de metade dos jovens estão ficando para trás na aquisição de habilidades essenciais para o emprego até 2030.
• Déficit iminente de talentos: Projeções indicam uma significativa “escassez de talentos humanos”, superior a 85 milhões de pessoas até o ano 2030.

As comunidades que superam a exclusão digital têm maior acesso a cuidados de saúde e oportunidades econômicas:
• Maior alcance dos cuidados de saúde: Em 2021, (37%) dos adultos tiveram acesso a serviços de telemedicina, com uso correlacionado aos níveis de educação, renda familiar e urbanização, conforme relatado pelo CDC (2022).
• Redução das Lacunas Urbano-Rurais: Globalmente, (82%) dos residentes urbanos utilizaram a Internet em 2022, marcando um aumento de 1,8 vezes em comparação com áreas rurais. Essa proporção tem diminuído constantemente de 2,3 para 1,8 ao longo dos últimos três anos, demonstrando uma divisão cada vez menor, de acordo com a UIT (2022).”

Compromisso da HP com a equidade digital e o impacto sustentável
Como quase metade da população mundial permanece desconectada, eliminar a exclusão digital por meio do acesso equitativo à tecnologia, às competências e aos conteúdos transformará vidas e comunidades e criará um mundo mais equitativo. Desde o início de 2021, a HP está em uma jornada para acelerar a equidade digital para 150 milhões de pessoas até 2030. A visão da HP é tornar-se a empresa de tecnologia mais sustentável e justa do mundo, o que se reflete nas suas áreas de foco de ação climática, direitos humanos e patrimônio digital.
Para mais informações sobre o Digital Equity Accelerator, visite o site
*Excluindo a província de Quebec

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar