Huawei é a segunda empresa global que mais investe em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)

Com investimentos da ordem de 21 bilhões de dólares em 2020, cerca de 15,9% de seu faturamento global, a Huawei é a segunda empresa privada do mundo que mais investe em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), atrás somente do Google. A conclusão consta do Painel de Avaliação de Investimentos em P&D Industrial, relatório anual produzido pelo EU Joint Research Centre (JRC) e divulgado nesta semana pela União Europeia. O estudo avaliou 2.500 empresas em escala global, que representam 90% do aporte total de P&D no mundo.

Parte dos investimentos globais da Huawei são realizados na Europa, onde a empresa mantém parceria com mais de 150 universidades e 23 centros de pesquisa. No Brasil, a empresa é parceira de 90 universidades e institutos através do Programa Huawei ICT Academy e já treinou 36 mil estudantes nos últimos dez anos. “A Huawei atua em diversas frentes educacionais para promover a empregabilidade e o desenvolvimento do país por meio da capacitação do capital humano”, explica Bruno Zitnick, diretor de de Relações Governamentais da Huawei Brasil. A meta para os próximos cinco anos é treinar mais 40 mil estudantes e professores. Neste ano de 2021, a empresa já investiu 40 milhões de reais em Pesquisa e Desenvolvimento no país.

“Ao apostar no P&D como fator de diferenciação, a Huawei continua planejando o futuro e mantendo uma intensa busca por inovação”, explica Tony Jin, representante da Huawei junto às Instituições Europeias. Segundo Jin, o relatório divulgado é uma das avaliações mais credenciadas do investimento do setor privado em Pesquisa e Desenvolvimento. Ele ainda destaca que a colaboração internacional nas áreas de pesquisa e ciência é muito importante para garantir o desenvolvimento de produtos e serviços mais inovadores.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência AceitarLeia mais

Nossa Política de Privacidade.