Huawei lança solução de iluminação para cidades conectadas

Assine nossa newsletter

A Huawei lançou, na CeBIT 2016, a Connected City Lighting, primeira solução de iluminação da indústria para cidades conectadas, com controle inteligente em múltiplos níveis. A inovação conecta lâmpadas públicas à Internet das Coisas e adota um sistema de gestão baseado no GIS (sistemas de informações geográficas), possibilitando que cidades melhorem o monitoramento e o desempenho de cada lâmpada na rua.
A Huawei Connected City Lighting fornece aos gestores municipais informações sobre o estado de cada lâmpada, sua posição e brilho, permitindo o controle preciso do acionamento e desligamento das luzes, além da iluminação sob demanda, reduzindo o consumo de energia em até 80%.
De acordo com o The Climate Group, existem aproximadamente 304 milhões de lâmpadas nas ruas de todo o mundo e esse número deverá alcançar 352 milhões até 2025. Ao mesmo tempo em que a iluminação traz conveniência para as pessoas e é essencial, também há um grande consumo de energia, que gera custos cada vez maiores de manutenção para as prefeituras.
Um exemplo seria Londres, na Inglaterra. A cidade possui aproximadamente 350.000 lâmpadas, resultando em um consumo total de energia estimado em 56.000.000 kWh por ano que, juntamente com os custos de inspeção e manutenção, afetam significativamente as despesas municipais. A Huawei Connected City Lighting Solution foi projetada para ajudar questões como esta.
“Desde o lançamento da Huawei Agile IoT Solution, em maio de 2015, temos entregado diversas aplicações bem-sucedidas, incluindo soluções para IoT, construções inteligentes e agropecuária. A Huawei Connected City Lighting Solution é mais uma poderosa aplicação da Huawei Agile IoT Solution, e um importante avanço rumo a verdadeira cidade conectada”, disse Wu Chou, CTO da Linha de Produtos Huawei Switch and Enterprise Communications. “A IoT para a iluminação cria uma sólida base para a integração de uma variedade de sensores, que facilitam funções como monitoramento ambiental e do transporte, a instalação de locais para o carregamento inteligente e lixeiras inteligentes, fornecendo desenvolvimento para a Cidade Inteligente, com o valioso big data, e a interação inteligente a fim de melhorar a vida dos cidadãos”, completa.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.