IBM lança o novo Centro de Modernização de IBM Z e Cloud para a aceleração da nuvem híbrida

A IBM (NYSE: IBM) revelou o Centro de Modernização de IBM Z e Cloud, uma porta de entrada digital para uma grande variedade de ferramentas, treinamento, recursos e parceiros do ecossistema para ajudar os clientes de IBM Z a acelerar a modernização de seus aplicativos, dados e processos em uma arquitetura de nuvem híbrida aberta.
No estudo do IBM Institute for Business Value “Modernização de aplicativos no Mainframe”, 71% dos executivos dizem que os aplicativos baseados em mainframe são centrais em sua estratégia de negócios. Quatro em cada cinco entrevistados dizem que suas organizações precisam se transformar rapidamente para manter o ritmo da concorrência, o que inclui a modernização de aplicativos baseados em mainframe e a adoção de uma abordagem mais aberta. O relatório confirmou que os executivos veem a modernização de aplicativos baseados em mainframe – e sua conexão com novas aplicações através de um ambiente de nuvem híbrida – como crucial para conduzir uma estratégia de transformação digital holística por meio do mainframe e da nuvem. Eles estão perfeitamente entrelaçados para oferecer agilidade e capacidades de borda em toda a empresa. E juntos ajudam a garantir as operações, reduzir a latência e impulsionar processos legados a níveis mais altos de agilidade de negócios.
De acordo com uma pesquisa recente do IBM Institute for Business Value, “A vantagem da plataforma de nuvem híbrida” o valor derivado de uma tecnologia de plataforma multicloud totalmente híbrida e um modelo de operação em escala é 2,5 vezes o valor derivado de uma abordagem de plataforma única e fornecedor de nuvem único. Além disso, a transformação da nuvem híbrida IBM que integra o IBM Z pode estender em até 5 vezes o valor de uma abordagem apenas de nuvem pública¹. Um white paper da Hurwitz and Associates, patrocinado pela IBM, confirma que esse valor adicional é derivado de: aceleração de negócios, produtividade do desenvolvedor, eficiência d os custos de infraestrutura, regulamentação, conformidade e segurança e flexibilidade de implementação².
Hoje, muitos clientes IBM Z estão funcionando em uma infraestrutura moderna. No entanto, para realmente aproveitar os benefícios da nuvem híbrida, as organizações devem continuar a modernizar seus aplicativos e dados. Com o Centro de Modernização de IBM Z e Cloud, os clientes podem obter insights sobre como manter seu patrimônio de TI atual, enquanto se concentram no design e na execução de uma estratégia para seus principais aplicativos e dados em execução no IBM Z a fim de se preparar para a nuvem híbrida. Aproveitando décadas de experiência na IBM Consulting e nos principais parceiros do ecossistema da IBM, is s o inclui uma avaliação detalhada dos objetivos de negócios e TI do cliente, a modernização de aplicativos e dados existentes para estendê-los à nuvem, incluindo IBM Cloud e hiperescaladores de terceiros, e o desenvolvimento de novos aplicativos nativos da nuvem para integrá-los a aplicativos e dados já existentes no IBM Z.
“A confiabilidade e segurança de classe mundial das soluções Z da IBM contribuíram significativamente para a notável longevidade do mainframe e o valor de negócios para clientes corporativos”, disse Charles King, PUND-IT. “No entanto, outro recurso crucial, a adaptabilidade, é igualmente importante. Por mais de duas décadas, a IBM garantiu que os mainframes Z atendessem a requisitos vitais em aplicativos e casos de uso existentes e emergentes, incluindo Linux, sistemas abertos e nuvem híbrida. Com o novo Centro de Modernização de IBM Z e Cloud, a IBM e seus parceiros estão fornecendo aos clientes as ferramentas, recursos e treinamento de que precisam para modernizar e transformar com sucesso aplicativos, dados e processos baseados em mainframe nos ambientes de nuvem híbrida para, assim, maximizar seus investimentos em IBM Z”.
Como parte do Centro de Modernização de IBM Z e Cloud, os clientes podem acessar uma jornada digital apresentando recursos abrangentes e orientação para profissionais de negócios, executivos de TI e desenvolvedores. As principais zonas do centro incluem:
• Experiência IBM em competências específicas, incluindo ativos, experiências e metodologias de IBM Consulting, co-criação com clientes por meio de metodologias de consultoria da IBM, demos, testes, produtos mínimos viáveis (MVPs), workshops e outros serviços pontuais projetados para ajudar a acelerar a jornada de transformação digital. Os aceleradores incluem a Garagem da IBM Consulting, arquiteturas e padrões de referência, padrões de jornadas de modernização e outras soluções técnicas.
• Um ecossistema estratégico de parceiros globais líderes em tecnologia e serviços, incluindo:
• Serviços: integradores de sistemas com soluções e competências, incluindo a modernização local. Os parceiros atuais incluem Capgemini e Deloitte Consulting LLP, e é esperado que mais sejam anunciados nos próximos meses.
• Parceiros de tecnologia: fornecedores de software e serviços gerenciados, incluindo: Episode Six; Fiorano Software; Fujitsu Limited; HEXANIKA; Illumio; Luxoft, uma empresa de tecnologia DXC; MuleSoft; Pennant Technologies; Software AG; Suntec Business Solutions; e Zafin.
• Recursos adicionais, como links a um hub de aprendizagem para capacitar arquitetos e desenvolvedores em técnicas de modernização de aplicativos, um centro de referência com casos de uso de clientes, papers de analistas e outros materiais projetados para ajudar a capacitar e empoderar.
“Até agora, os negócios globais que funcionam no IBM Z tinham opções limitadas de informações e etapas a serem executadas em direção à modernização. Juntamente com narrativas confusas de fornecedores no mercado e relatos de migrações malsucedidas, encontrar um recurso ao qual os líderes de TI possam recorrer pode ser um desafio”, disse Meredith Stowell, vice-presidente do Ecossistema da IBM Z. “A realidade é que o futuro é híbrido, em que IBM Z e Cloud são melhores juntos. Embora a migração lift and shift possa parecer uma escolha atraente para modernização, em muitos casos pode ser uma via de mão única e o bloqueio em só uma nuvem pública, o que pode ter implicações no custo, governança e segurança. A IBM conhece profundamente o ambiente IBM Z, o ecossistema de nuvem e os setores que dependem de nós, e reunimos todos os elementos necessários para ajudar nossos clientes a adotar a nuvem híbrida em um só lugar”.
Das principais instituições financeiras e bancárias do mundo até varejistas, companhias aéreas e outros setores, 67 das empresas Fortune 100 contam com o IBM Z hoje. Muitas delas e centenas de outras estão se modernizando no IBM Z como parte integrante de suas estratégias de nuvem híbrida.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência AceitarLeia mais

Nossa Política de Privacidade.