Jornalismo de tecnologia, independente e com credibilidade

Inclusão profissional de pessoas com deficiência intelectual na CCXP 2023

Depois do The Town, agora é a vez da Comic Con Experience 2023 (CCXP) se engajar na inclusão social e profissional de pessoas com deficiência. Uma das maiores feiras da cultura geek, que reúne jogos de RPG, estrelas de Hollywood, os divertidos cosplay, quadrinhos e inúmeras experiências audiovisuais, contará com cinco jovens entre 20 e 34 anos com deficiência intelectual em seu time de profissionais dedicados ao bom andamento do evento.

ASSINE AGORA! Não saia sem garantir 30 dias GRÁTIS
A Bits & Geeks leva até você matérias completas e material exclusivo do mundo da tecnologia.

Close this popup

Até 3 de dezembro, os jovens vão trabalhar das 9h às 16h e terão o apoio de um instrutor e uma orientadora profissional, ambos do Instituto Jô Clemente (IJC), referência nacional na inclusão de pessoas com deficiência intelectual, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e doenças raras. O IJC, por meio da sua área de Inclusão Social, assessora várias empresas e eventos para a inclusão profissional das pessoas com deficiência intelectual e autismo.

“Esses jovens fazem parte do nosso trabalho de Inclusão Profissional sendo uma grande conquista ver que as empresas – e os eventos – estão se engajando cada vez mais na causa da inclusão, entendendo que as pessoas devem ter oportunidades e que possuem diversas habilidades como todos os seres humanos”, diz Márcia Luccas, psicóloga do IJC.

Ela explica que quatro jovens estão atuando no atendimento preferencial e uma está atuando na área de recursos humanos do CCXP. Eles são responsáveis pelo atendimento preferencial dos visitantes: “estão animadíssimos porque é uma convenção que proporciona experiências diferentes das que vivenciam diariamente, fugindo da rotina, contribuindo para o desenvolvimento intelectual e interação social das pessoas com deficiência intelectual”, complementa.

O IJC oferece o serviço de inclusão profissional e mantém parcerias com empresas de diversos setores. Em 2022, mais de 500 empregos foram gerados para pessoas com deficiência, um aumento de 34% em relação ao ano anterior. Isso mostra que a relevância do serviço do IJC e que o evento está atento ao mercado de trabalho e a inclusão de pessoas com deficiência.

Relembrando, que este ano, quatro jovens atendidos pelo instituto trabalharam no The Town, grande festival musical que aconteceu em setembro, em São Paulo. Eles ficaram nas funções de apoio ao público, cada um com uma área específica de atuação – “TICKETING”, localizada antes da bilheteria, e a “GESTÃO DE PÚBLICO”, antes da revista de mochilas.

Sobre o Instituto Jô Clemente (IJC)
O Instituto Jô Clemente (IJC) é uma Organização da Sociedade Civil sem fins lucrativos que há mais de 62 anos promove saúde e qualidade de vida às pessoas com deficiência intelectual, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e doenças raras, além de apoiar a sua inclusão social e a defesa de direitos, disseminando conhecimento por meio de pesquisas científicas. Com o pioneirismo e a inovação como premissas, propicia o desenvolvimento de habilidades e potencialidades que favoreçam a escolaridade e o emprego apoiado, além de oferecer assessoria jurídica às famílias sobre os direitos das pessoas com deficiência intelectual.

Pioneiro no Teste do Pezinho no Brasil e credenciado pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Triagem Neonatal, o Laboratório do Instituto Jô Clemente (IJC) é o maior do Brasil em número de exames realizados e oferece, atualmente, o Teste do Pezinho Ampliado na rede pública do município de São Paulo, contemplando o diagnóstico precoce de cerca de 50 doenças, incluindo dezenas de condições raras. É também um centro de referência no tratamento de fenilcetonúria, deficiência de biotinidase e hipotireoidismo congênito, doenças detectadas no Teste do Pezinho que podem evoluir para a deficiência intelectual se não tratadas corretamente.

Além disso, o IJC produz e difunde conhecimento sobre deficiência intelectual, Transtorno do Espectro Autista (TEA) e doenças raras. Um dos nossos focos é apoiar e desenvolver projetos de pesquisa aplicada, tecnológica e de inovação, em parceria com órgãos públicos ou privados e instituições de ensino e pesquisa, com o objetivo de gerar conhecimento para estudos, informações para as pessoas, produtos, serviços e novos modelos de negócio para a Organização.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 5080-7000 ou pelo site do IJC.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar