Joguei Lost Ark – o popular MMORPG coreano que chegará ao ocidente pela Amazon Games

Eu confesso que fiquei surpreso quando recebi o material dos amigos de Amazon Games falando sobre a chegada de Lost Ark como o primeiro título Third-Party da empresa. E eu pude jogar o beta fechado do game com localização em inglês (no beta não havia nem legendas nem narração em português).

Lost Ark é um jogo free-to-play online da empresa coreana Smilegate RPG, com milhões de jogadores ativos na Coreia, Rússia, e Japão. Em Lost Ark, os jogadores deverão explorar o mundo vasto e diverso de Arkesia em suas missões de encontrar a lendária Lost Ark e salvar o reino de uma ameaça demoníaca. O game conta com 15 classes distintas, com combinações únicas de habilidades, utilizando o sistema Tripod, que permite que os jogadores selecionem e melhorem as características de uma habilidade de combate ao atingirem um certo nível. 

E foi assim que depois de instalar o game eu estava personalizando o meu char. Há muitas possibilidades e quem gosta vai conseguir gastar um bom tempo criando algo realmente exclusivo. Como o beta tinha tempo para acabar e eu queria ir direto para o jogo, acabei escolhendo um personagem genérico.

A escolha das classes é importante e muito didática e o caminho para entender as habilidades do seu personagem é muito guiado, e é bom curtir com calma esse momento porque você vai precisar deles lá na frente.

E a minha primeira impressão do jogo é que realmente ele é lindo demais. Lindo de brilhar os olhos a cada novo cenário, inimigo ou chefe. As batalhas também são lindas, porque os movimentos e efeitos de batalha são muito bem cuidados.

Apesar de ser um beta – um momento em que os erros são normais – eu achei o game bem redondo, não vi nenhum bug/glitch que tivesse de alguma forma atrapalhado a minha gameplay ou me chamado a atenção. Nem a latência do servidor nos EUA, notada por alguns players brasileiros eu senti. Tá muito liso e polido, mesmo nos momentos em que há batalhas agitadas na tela.

Se você der sorte pode assistir a minha gameplay que está gravada por uns dias na minha Twitch.

E claro que eu joguei somente poucas horas, mas o game tem com certeza muito mais a mostrar e eu confesso que fiquei com um gostinho de quero mais e a vontade de participar de algum ataque épico massivo a algum big boss.

No Steam a previsão de estreia do game está marcada para o dia 31 de março de 2022, mas pode ter atrasos. E já é possível comprar pacotes do fundador com benefícios exclusivos.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.