Loft conquista terceiro lugar no ranking de Top Startups do LinkedIn

Assine nossa newsletter

A Loft, plataforma digital que utiliza a tecnologia para simplificar a compra e venda de apartamentos, entrou na lista de Top Startups 2019 do LinkedIn. O ranking feito anualmente pela rede social, classifica as 25 startups nas quais os brasileiros mais gostariam de trabalhar. Com apenas um ano de operação, a Loft conquistou o terceiro lugar na lista, já conta com mais de 340 funcionários e mais que dobrou os bairros de atuação durante o período. Além disso, a empresa já realizou duas rodadas de captação de equity, levantando mais R$360 milhões e hoje está avaliada em R$ 1.5 bilhões.

A Loft visa contribuir para a organização do mercado imobiliário, conferindo maior transparência, eficiência e tecnologia ao setor, proporcionado uma experiência única a vendedores e compradores. Durante o primeiro ano, a empresa realizou mais de 200 transações e investiu mais de R$370 milhões em apartamentos residenciais.

De acordo com Florian Hagenbuch, co-CEO da Loft, para reinventar um modelo de negócio já consolidado, foi preciso buscar mais que capital financeiro, mas também investir em capital humano. “Atrair e reter talentos é um ponto fundamental para o desenvolvimento de qualquer negócio. O capital financeiro possibilita que as ideias saiam do papel, mas contar com um time preparado e motivado transforma o projeto em um negócio perene”, afirma.

Assine nossa newsletter

A lista LinkedIn Top Startups é resultado de um sistema de classificação que analisa fatores como crescimento do número de vagas, engajamento com a empresa e seus atuais funcionários, interesse por vagas e atração dos melhores talentos. Ela agrega dados de bilhões de ações dos mais de 45 milhões de usuários do LinkedIn..

Além das captações de equity, mais de R$ 100 milhões foram aportados nos fundos imobiliários assessorados pela Loft para financiar a expansão dos investimentos. Desde o início da operação, em agosto de 2018, a Loft já iniciou 154 reformas e, hoje, é capaz de conciliar 200 obras simultaneamente. Até o final de 2019, a empresa projeta o VGV (valor geral de vendas) anualizado de cerca de R$2 bilhões.

Sobre a Loft

Fundada por sete empreendedores, entre eles João Vianna, Mate Pencz e Florian Hagenbuch – sendo os dois últimos os criadores da plataforma de serviços personalizados Printi –, a Loft utiliza a tecnologia para simplificar a compra e venda de apartamentos por meio da internet. Na plataforma digital, proprietário e corretores podem ofertar e adquirir imóveis reformados em bairros consolidados de São Paulo. A empresa visa contribuir para a organização do mercado imobiliário, conferindo maior transparência, eficiência e tecnologia ao ramo e proporcionado uma experiência mais benéfica a vendedores e compradores. Em operação desde agosto de 2018, a empresa já atua em nove bairros da capital paulista – Jardim América, Jardim Paulista, Itaim Bibi, Vila Nova Conceição, Jardim Europa, Jardim Paulistano, Higienópolis, Moema e Pinheiros – e conta com um plano de expansão para chegar a outros estados nos próximos 12 meses. A empresa conta com mais 340 colaboradores.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.