Nova série Carenteners da Warner Channel é sobre se virar apesar dos pesares

Pra maioria dos brasileiros estar na quarentena não é nenhum aprendizado, nem uma forma de reconectar com a sociedade e com o mundo e nem um jeito da gente cuidar do meio-ambiente.

Érico Borgo em coletiva on-line da Warner

Para a maioria dos brasileiros a quarentena é sobre passar perrengues: conseguir pagar as contas, agradecer por trabalhar 48 horas em 24h e ainda estar trabalhando, lidar com suas carências, loucuras e o amor.

E é justamente sobre isso a série Carenteners que estreia nessa semana na Warner Channel Brasil e teve como showrunners os ex-Omelete (um dos principais sites da cultura pop e organizador da CCXP) Érico Borgo e Aline Diniz.

Eu pude assistir em antecipado os dois primeiros episódios e também de uma coletiva de imprensa online com os atores, produtores Warner Channnel Brasil.

No começo incomoda um pouco.

Logo de cara eu confesso que estranhei. Rola uma digitação de telas e chats em telas de celular em tempo real e achei um pouco lento, um pouco arrastado e fiquei pensando se aquela estética do dispositivo móvel ia mesmo caber na TV.

Mas também pensei que podia ser aquele estranhamento de quando você algo realmente diferente e por fim achei que o jovem talvez visse muito mais sentido naquela estética que eu e de certa forma acredito que seja tudo isso junto.

Passado o susto inicial você se acostuma e cada episódio dura o tempo certo de vc não enjoar. Tem vários acertos ali. Confira a sinopse e serviço da série abaixo.

A criatividade brasileira em ação.

Ver os atores na coletiva falando sobre o processo de gravação foi interessante. Você verá ali a casa deles mesmo e cenas gravadas num celular com tripé e led. Mas uma bela pós-produção envelopa bem tudo isso.

A série ainda tem o mérito de mostrar a cultura nacional e com uma estética muito nossa sem nem querer copiar o padrão norteamericano nem perder o padrão de qualidade do mais respeitado canal de séries da TV paga.

A Silvia Elias, diretora de Conteúdo da Warner Channel no Brasil, me disse que cada produção brasileira é uma oportunidade de aprendizagem e fazer tudo com esse esquema de produção e seguindo normas rígidas de segurança não tem sido diferente. Eu quis saber se no futuro isso não fariam todos tomarem um certo gosto por produções “mais simples”.

E ela me disse que esse é um momento e que assim nesse contexto funciona bem, mas que nada substitui uma produção completa num set de filmagem.

A produção brasileira é incrível e criativa. A gente sabe resolver problema.

Silvia Elias, diretora de Conteúdo da Warner Channel no Brasil

Sinopse e serviço

Com estreia marcada para o dia 30 de junho e exibições todas as terças e quintas, às 21h40, o enredo envolve o casal Cecília e Marcos, que se apaixona antes da quarentena e precisa se adaptar aos novos tempos para manter o relacionamento enquanto lidam com seus próprios problemas, como trabalho, convivências familiares e amizades.

O projeto inovador consiste em uma série filmada à distância sob direção remota e com os próprios atores operando câmeras, celulares e computadores enquanto interpretam seus personagens. O resultado deste trabalho será dividido em 10 episódios de cinco minutos cada, que serão exibidos na Warner Channel, em horário nobre, após The Big Bang Theory, e disponibilizados no Youtube do canal.

Carenteners vai ao ar às terças e quintas, às 21h40, logo após The Big Bang Theory, a partir de 30 de junho na tela da Warner Channel.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.