Olá meu amigo. Olá minha amiga. ⠀ Ouviu falar mas não entendeu a treta entre a E…

Assine nossa newsletter


Assine nossa newsletter

Olá meu amigo. Olá minha amiga.

Ouviu falar mas não entendeu a treta entre a Epic e as lojas de aplicativo da Apple e do Google? Relaxa que eu explico para você.

A Epic Games é uma produtora de games sediada na Carolina do Norte (EUA) e responsável pelo grande sucesso de Fortnite.

Esse game é um battle-royale (você cai numa ilha com outros jogadores que competem entre si até sobrar um) gratuito para jogar, mas você pode comprar passes de batalha e itens cosméticos, que são as roupas que os personagens usam e seus acessórios e é aqui que começa o rolo.

Tanto a loja do Android quanto do iOS cobram uma comissão de 30% em cada venda. Aí que a Epic lançou uma alternativa de recebimento que evitaria o pagamento pelas lojas e portanto a comissão. E isso fere os termos de uso dessas empresas, o que causou o banimento.

Já a Epic alega que isso é um monopólio e que ela pode ter o direito de oferecer outra opção de pagamento aos seus clientes. Ela chegou a fazer um vídeo cutucando a Apple quando em sua origem questionou a hegemonia da IBM e que as pessoas mereciam ter mais escolhas.

É um tema complexo porque se de um lado a Epic de fato feriu termos de uso, do outro ela tem direito de questionar as práticas de mercado.

A minha opinião é que quem ganha nessa discussão é o consumidor gamer que passaria a contar com mais opções, por isso nessa briga específica eu concordo com a Epic.

Porém mais de 70% das pessoas que responderam minha enquete nos stories acham que a Apple está certa em banir o game da loja, alegando quebra de contrato.

E você está de qual lado nessa treta? Do lado da Epic, das lojas, ou não tem uma opinião formada sobre o assunto?



Source

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.