Oscar(R) 2021 – Curta-metragem de animação brasileiro, Umbrella, entra na corrida pela premiação

Recheada de mensagens de esperança e empatia, o curta-metragem brasileiro de animação Umbrella, de Helena Hilario e Mario Pece, é a primeira produção nacional do gênero a entrar na corrida pelo Oscar(R). Mas antes mesmo de atingir essa marca, o filme independente já tinha feito história no audiovisual do país ao ser selecionado em 19 festivais que qualificam para a disputa por um lugar no prêmio da Academia.

“Estamos muito felizes e honrados pelo reconhecimento do nosso trabalho nos mais importantes e prestigiados festivais de cinema do mundo. A trajetória para produzir o projeto não foi fácil, mas nos enche de orgulho olhar cada pedacinho da história do Umbrella e trazer esse reconhecimento para o mercado de animação brasileiro”, comenta Helena. “O curta tem chances de ser o primeiro curta de animação brasileiro da história a chegar ao Oscar”, diz ela. Entre os festivais de destaque que a animação já passou estão: Tribeca, Cinequest, Chicago International Film Festival, Calgary International Film Festival, Animayo, entre outros.

Inspirado em uma situação vivenciada pela irmã da diretora, o curta de animação nos apresenta a história de Joseph – um menino que vive em um orfanato e, por memórias afetivas, sonha em ter um guarda-chuva amarelo. O encontro com uma jovem garota que acompanha a mãe até o local para fazer doações, nos faz refletir sobre a importância de observar, escutar e sempre se colocar no lugar do outro.

“Escrevemos um roteiro com um storytelling voltado para um curta-metragem. Nosso sonho e objetivo era fazer um curta de animação e transformar a dor em arte. Nos inspiramos em um evento triste para criar uma história bonita e delicada. E assim entendemos que não podemos julgar as pessoas sem saber o que tem por trás daquela vivência. Todo mundo passa por situações que nem imaginamos, por isso devemos ser gentis uns com os outros”, comenta Helena. “Por isso pensamos em trazer a empatia e a esperança para essa narrativa. Algo que precisamos cada vez mais e mais”, complementa.

Helena Hilário e Mario Pece assinam o roteiro e a direção da animação, que tem produção do estúdio criativo Stratostorm. O projeto foi escrito em dezembro de 2011 e ganhou vida e carreia em 2019. “Umbrella é nosso projeto pessoal e é um trabalho artístico lindo, produzido por uma equipe pequena de artistas excepcionais e talentosos, que colocaram todo amor e dedicação na execução de todas as etapas da produção e trouxeram à vida exatamente o que nós imaginávamos. Foi um trabalho incrível de colaboração e aprendizado entre todos nós e estamos muito  felizes em chegarmos tão longe”, reflete Helena.

Umbrella fica disponível gratuitamente entre os dias 7 e 21 de janeiro no Youtube da Stratostorm.

Ficha Técnica

Estudio: Stratostorm
Roteiro e Direção Helena Hilario and Mario Pece
Produção: Helena Hilario
Produção Executiva: Helena Hilario, Mario Pece and Louis Lee
Supervisor CGI: Alan Prado
Direção de arte: Dhiego Guimarães
Supervisor de Animação: Hannry Pschera
Design de Personagens: Victor Hugo, Felipe Pardini
Supervisor de Rigging: Danilo Pinheiro
Direção técnica: Mario Pece
Artistas CGI: Alan Prado, Dhiego Guimarães, Felipe Pardini, Samuel Simões, André Nunes, Joyce Amaral, Gabriel Escame, Douglas Giarletti
Camera e Layout: Dhiego Guimarães
Pipeline: Alan Prado, Mario Pece

Lighting: Alan Prado, Dhiego Guimarães, Felipe PardiniRigging: Danilo Pinheiro, Apolo Osornio, Glauber Belo, Matheus A. Silva

Animação: Christian Weckl, Hannry Pschera, Odair Martins, Leonidas Maciel, Daniel Oliveira
Animação adicional: Carlos Braz
Concept Art e Storyboard: Laura Guedes, Giovanni Pedroni
Color Script: Murilo Justiniano
Créditos Finais: Cynthia Liz
Color and Finish by: Company 3
Senior Colorista: Charles Bunnag
Executivo de Pós Produção (Company 3): Kingsley Fialho
Música Original : Gabriel Dib
Produção Gravação Orquestra: Luiz Augusto Buff, Vivian Aguiar Buff
Assistente de Orquestador: Benjamin Shirley
Maestro: Peter Rotter
Design de Som: James Tose
Re-recording Mixer: Blue Infinity Media
Capitol Studios:
Contrabass: Thomas Harte, Geoffrey Osika, Stephen Dress
Oboe: Claire Brazeau
Viola: Andrew Duckes, Victor de Almeida, Aaron Oltman, Carolyn Riley, Nikki Shorts
Cello: Jacob Braun, Paula Hockhalter, Dennis Karmazyn, Michael Kaufman
Clarinet: Stuart Clark
Violino: Serena Mc Kinney, Eun-Mee Ahn, Marisa Kuney, Kevin Connoly, Ana Landauer, Wynton Grant, Natalie Leggett, Benjamin Jacobson, Rafael Rishik, Dennis Kim, Ashoka Thiagarajan, Irina Voloshina, Josefina Vergara

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.