Papai Noel perdendo o posto? Personagens ganham protagonismo na decoração

Assine nossa newsletter

Neste final de ano o Papai Noel saiu de cena nas decorações de Natal e deu espaço a personagens de desenhos e filmes infantis. Tudo isso porque os maiores centros de compras do país deram preferência a temas animados para atrair maior público e consequentemente aumentar as vendas. Segundo a 2a1 Cenografia, uma das maiores empresas de produções natalinas do Brasil, das 60 produções encomendadas para este período de festas apenas três tiveram o bom velhinho como tema central, as demais foram de personagens licenciados.
A empresa que investe em licenças exclusivas das maiores corporações do mundo viu sua demanda crescer 20% neste ano devido as novas temáticas trazidas ao mercado. “Os shopping perceberam que personagem animados estão atraindo mais público nesta época do ano. As novidades encantam as famílias e geram a curiosidade das crianças que ficam mais próximas dos personagem que assistem no dia a dia”, conta Daniele Paulino, diretora Comercial da 2a1.
Alice no País das Maravilhas, Smurfs, Madagascar, Aladdin e Bob Esponja são algumas das temáticas que poderão ser encontradas em shoppings de todas as regiões. O Brasil é o sexto país no mundo com maior faturamento de marcas licenciadas, perdendo apenas para Estados Unidos, Japão, Inglaterra, México e Canadá. De acordo com levantamento da Associação Brasileira de Licenciamento (ABRAL) em 2016 o faturamento nacional do setor no varejo foi de R$ 17,8 bilhões.
A expectativa é que este Natal seja o melhor dos últimos 4 anos para os comerciantes. Segundo dados da Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) as vendas devem ter um crescimento de 4,8% comparado a 2016. Com o otimismo elevado do setor os centros de compras aproveitam as decorações diferenciadas e levam mais público aos espaços. Essa confiança fortalece também as empresas especializadas nas produções temáticas que já visam um cenário próspero para 2018. “Levando personagens e temas exclusivos ao mercado a 2a1 vai fechar 2017 com um crescimento médio de 30% em seu faturamento e já visa ultrapassar esse média no próximo ano” concretiza Daniele.
Sobre a 2 a 1
Com quase 2.000 ações já realizadas em todo o Brasil, a 2a1 é especialista em soluções de cenografia dos mais diversos temas. Fundada em 1999, a empresa é hoje, uma das maiores do segmento cenográfico e a única a produzir eventos de ponta a ponta, desde a confecção dos cenários até a logística e montagem. A companhia oferece uma linha completa de exposições, serviços, promoções e recreações para shopping centers. Em 2015 inaugurou a filial no Nordeste, em Salvador. A 2a1 integra o grupo ND/C, detentor também da Dgital, Nótice e Imaginatex.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.