POR QUE TODO GAMER DEVE ASSISTIR “FREE GUY: ASSUMINDO O CONTOLE”?

Eleito pela crítica nacional e internacional como um dos melhores filmes gamers dos últimos tempos, Free Guy: Assumindo o Controle estreou no último dia 19 de agosto nos cinemas e conta a história de Guy (Ryan Reynolds), um caixa de banco que descobre ser um NPC (personagem não-jogável) de um jogo de videogame superviolento e decide se tornar o herói de sua própria história.

Diferente de outras produções, o Free Guy: Assumindo o Controle dá protagonismo aos jogadores secundários, abordando o universo gamer de maneira inovadora e original e dando motivos de sobra para os gamers assistirem ao filme. Confira!

REFERÊNCIAS A GAMES POPULARES
Os fãs encontrarão em Free Guy: Assumindo o Controle muitos traços e códigos do mundo dos videogames, trazendo referências de jogos como Fortnite, GTA, Call of Duty e Portal. Durante todo o filme, é possível encontrar elementos que quem joga está muito familiarizado, por exemplo: a garagem do GTA, o paraquedas do Fortnite, portais do jogo Portal, armas de vários jogos, entre outros.

A IMPORTÂNCIA DOS NPCs
A maioria dos games é composto por jogadores principais e os NPCs (personagens não-jogáveis). No filme, eles são diferenciados por quem usa um óculos escuro (jogadores principais) e quem não usa (NPCs). Apesar de serem personagens secundários e quase sempre “esquecidos” no meio do jogo, os NPCs servem para trazer um ar de realidade ao game e, sem eles, o jogo acaba até perdendo a graça e a essência. Isso é ressaltado durante toda a produção e traz o questionamento aos gamers: “e se os NPCs não existissem?”. #ficaareflexão para você, gamer, também!

JOGADORES E PROGRAMADORES
Free Guy: Assumindo o Controle é uma produção composta por dois ambientes: dentro e fora do jogo. Dentro do jogo, Guy vive em uma cidade chamada Free City. Já fora, Free City é um jogo da Soonami Studios, do magnata ganancioso Antwan. Durante o filme, é possível ver um pouco sobre como é o mundo de quem cria os jogos, os desafios e as equipes por trás desse universo.

LINGUAGEM GAMER
Só quem tem faz parte desse universo, entenderá algumas falas ditas no filme. Durante o longa, a palavra “skin” é mencionada diversas vezes, por exemplo. Essa palavra é referenciada as roupas que os personagens dos jogos usam, porém em tradução, significa “pele” – o que acaba confundido Guy quando comentários são feitos sobre sua “skin”.

STREAMERS REAIS
Além de participações especiais de grandes atores de Hollywood #semspoiler, o filme também conta com streamers que já são conhecidos do universo gamer, como: Ninja, DanTDM, Pokimane, Jacksepticeye e LazarBeam.

EASTER-EGGS
Não só de referências a games vive Free Guy: Assumindo o Controle. O longa também possui diversos easter-eggs com a cultura pop, principalmente com referências a filmes amados pelo público geek/nerd/gamer e uma trilha sonora recheada de clássicos de divas pop.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.