Positivo Tecnologia: 82% dos funcionários se dizem adaptados ao home office

Há pouco mais de um ano, empresas de diversos setores tiveram de se adaptar ao trabalho remoto devido às medidas de segurança recomendadas para minimizar a disseminação do novo coronavírus. Milhares de organizações e profissionais adotaram esse regime de trabalho, como foi o caso também da Positivo Tecnologia.  A companhia implementou uma série de medidas para melhorar a adaptação dos colaboradores à prática do home office. Passados 13 meses nesse regime, 82% dos funcionários afirmam que se adequaram bem ao novo formato de trabalho.  

O resultado foi apontado em pesquisa realizada pela Área de Recursos Humanos com integrantes das áreas administrativas. Praticamente todos os colaboradores desses departamentos trabalham em home office desde o início de março de 2020. Desse montante, 52% atestam que as atividades e projetos estão sendo executados com a mesma eficiência quando comparados com a atuação realizada apenas no escritório. Entre os gestores, 39% acreditam que as equipes estão ainda mais produtivas e engajadas. 

Para o regime de trabalho remoto funcionar de maneira satisfatória, a companhia adotou medidas a fim de aprimorar tanto a infraestrutura de trabalho quanto os aspectos físico e emocional dos colaboradores. “Nossa prioridade é preservar o bem-estar dos funcionários e fazer o que estiver ao nosso alcance para garantir os recursos necessários ao desempenho das funções, mesmo nestes tempos desafiadores de distanciamento social”, afirma Adner Uema, diretor de Recursos Humanos da Positivo Tecnologia, empresa que possui o selo GPTW (Great Place to Work). 

Dentre as iniciativas implementadas durante a prática integral de home office está a disponibilização de equipamentos de informática às equipes das áreas administrativas. A empresa também reforçou a infraestrutura de tecnologia da informação para garantir a segurança de dados e o funcionamento de sistemas e softwares. Emprestou mobiliário do escritório e intensificou campanhas de comunicação interna a respeito de trabalho remoto. Também firmou parceria com a consultoria Zenklub para aconselhamento psicológico, organizou sessões on-line de meditação e ginástica laboral assim como promoveu webinars sobre desenvolvimento de carreira, saúde e uso eficiente da tecnologia.  

Por fim, adaptou para o formato on-line de eventos presenciais tradicionalmente realizados pela Companhia a fim de manter o senso de pertencimento e a cultura organizacional. “Apesar da necessidade de implementar o trabalho remoto rapidamente e de forma integral, a gente se adaptou bem. Tivemos o suporte necessário para prosseguir o nosso trabalho a distância, o que possibilitou ter ganhos de produtividade e manter a fluidez de comunicação com colegas e lideranças”, comenta Lucas Cavalcante Marcelo, analista de Desenvolvimento de Produto da Positivo Tecnologia. 

Os funcionários também puderam contar com o Auxílio Home Office, benefício para complementar despesas com internet, alimentação e energia elétrica.  Em abril deste ano, a Positivo Tecnologia também ofereceu vouchers de alimentação para que colaboradores pudessem comprar refeições em restaurantes conveniados a aplicativos de entrega e então comemorar os feriados de Páscoa e Tiradentes com a família. A empresa também organizou uma campanha de vacinação contra a gripe junto aos funcionários e contratou uma consultoria externa para compreender o melhor formato de trabalho, após a pandemia, para cada função. “As pessoas são nossos principais ativos. Independentemente de onde estiverem trabalhando, vamos cuidar para que se mantenham alinhadas aos valores da Companhia e que se sintam em condições plenas para o exercício de suas atividades”, finaliza Adner. 

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.