Primeiro game rock do Brasil completa 15 anos

Assine nossa newsletter

Roko-Loko no Castelo do Ratozinger já faturou Disco de Diamante e está de volta para comemorar o aniversário de 15 anos do lançamento

Assine nossa newsletter

Em 2005 o premiado cartunista Marcio Baraldi lançou o primeiro game rock n’ roll do Brasil, do seu personagem Roko-Loko. Na época faturou Disco de Diamante por vender meio milhão de cópias.

Para comemorar os 15 anos desse sucesso, o jogo foi relançado em português, inglês e espanhol para computadores. O download está disponível no site: http://store.steampowered.com/app/1231130/RokoLoko_no_Castelo_do_Ratozinger/?fbclid=IwAR3h2nt8xcLE7Gojwn-ptsGo5jGBcmJwR5MO6CtqAF9ccZwywjauv9oXhl8


Sobre o jogo do Roko-Loko

“Roko-Loko no Castelo do Ratozinger” mantém a mesma estética dos quadrinhos e dá a impressão que o jogador está dentro de uma HQ do personagem, criando uma interação virtual entre o público e o Roko-Loko.

O jogo é dividido em três fases e sua história é empolgante e divertida: Roko-Loko tem que entrar no Vaticão, castelo do cruel Ratozinger, uma ratazana religiosa ultraconservadora – que odeia o rock e o sexo – e aprisionou a bela Adrina-Lina (namorada do Roko) e outros roqueiros famosos como Eddie (o mascote do Iron Maiden), Rob Halford, Ozzy Osbourne, Gene Simmons, entre outros.

Para libertá-los, Roko-Loko tem de enfrentar muitas ameaças como aranhas, morcegos, caveiras, crocodilos, lava vulcânica e bolas de fogo, retirar as guitarras presas em bigornas e, por fim, travar o confronto final com Ratozinger, jogando-o aos crocodilos e libertando Adrina-Lina.

A estética do jogo tem influências de games clássicos dos anos 80 como Pitfall, Sonic, Super Mario Bros e Prince of Persia, pois os autores do game são fanáticos confessos desse período da cultura pop.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.