QUALCOMM E INTELBRAS ANUNCIAM COLABORAÇÃO PARA PRODUÇÃO DE SOLUÇÕES 5G NO BRASIL

A Qualcomm Technologies, Inc., a Qualcomm Technologies International Ltd. e a Intelbras (INTB3), empresa brasileira com 45 anos de história, acabam de anunciar que firmaram um acordo no qual irão colaborar para a produção do 5G Customer Premise Equipment (CPE), utilizando a plataforma Qualcomm® 5G Fixed Wireless Access (FWA) de 2ª geração, com o sistema Snapdragon® X62 5G Modem-RF e soluções de Wi-Fi 6 e 6E da Qualcomm®. A iniciativa visa suprir a demanda de operadoras e provedores de internet no Brasil em um momento importante em que a iminência do leilão das frequências para o 5G aumenta a necessidade de desenvolvimento do ecossistema de dispositivos 5G e Wi-Fi 6 no País.

Com o acordo plurianual, a Intelbras deverá ser a empresa brasileira a avançar em direção ao desenvolvimento local de soluções baseadas no SDX 62 e também à integração na cadeia mundial de produção do 5G, tornando o Brasil parte importante do setor produtivo para a quinta geração de conectividade.

A Intelbras, com as soluções da Qualcomm Technologies, produzirá soluções 5G FWA, que fornecerá conectividade de alta qualidade, velocidade e latência semelhantes à fibra óptica, sem a necessidade de cabeamento e instalação na última milha (last mile). A tecnologia 5G FWA vem sendo chamada de Fiber Through the Air (Fibra pelo Ar), a qual proporcionará a oferta de serviços avançados para residências e escritórios como, por exemplo, streaming de vídeo em 4k/8k, dispositivos de internet das coisas (IoT), jogos online com baixíssima latência, aplicações de realidade virtual, entre outros. Os produtos deverão estar disponíveis a partir de 2022.

“A Intelbras tem alta capacidade técnica de desenvolver e fabricar produtos de qualidade. Nossa marca tem presença em 98% dos municípios brasileiros e somos reconhecidos pelo amplo atendimento ao cliente”, explica Altair Silvestri, CEO da Intelbras. “Temos um relacionamento longo e próximo com os ISPs (Provedor de Serviços de Internet) e operadoras de telefonia, essas são características próprias que vão permitir que a Intelbras facilite a pulverização das tecnologias Wi-Fi e 5G no país”, complementa o executivo.

A novidade também beneficiará os usuários corporativos, que poderão usufruir de uma rede que opere com maior capacidade e velocidade, além de aumentar a eficiência e permitir que os dispositivos de access-points suportem mais clientes em ambientes de alta densidade, proporcionando melhor experiência na rede sem fio como um todo.

“A Qualcomm Technologies, empresa inovadora e líder mundial em tecnologias sem fio, dá mais um passo em direção à proliferação de 5G no Brasil. Estamos orgulhosos de nossa colaboração com a Intelbras, com quem trabalhamos há muitos anos para impulsionar o avanço da conectividade sem fio no país. Esta colaboração é mais uma prova de nossos esforços para trazer CPEs e soluções FWA com 5G e Wi-Fi para ajudar a reduzir a exclusão digital e conectar a chamada ‘última milha’, comenta Luiz Tonisi, vice-presidente da Qualcomm Serviços de Telecomunicações Ltda. e presidente da Qualcomm América Latina. “Com a decisão da Anatel de exigir o Release 16 nas implementações das redes 5G, produtos como smartphones, hotspots e CPEs FWA precisam suportar o modo 5G standalone para atender aos requisitos das PPPs e das grandes operadoras de telefonia”, acrescenta.

O projeto estimula o desenvolvimento no Brasil de tecnologias avançadas para fomentar a implementação do 5G no país. “Nossas tecnologias protegem, conectam, aproximam e transformam a vida das pessoas há mais de quatro décadas. Portanto, é natural desenvolvermos essa colaboração com a Qualcomm Technologies, líder mundial na geração de tecnologias mobile. Esperamos continuar ampliando esta colaboração enquanto a Intelbras trabalha para se tornar a empresa nacional referência em dispositivos e equipamentos com tecnologia 5G”, finaliza Silvestri.

Integrantes do governo e operadoras comentam abaixo o anúncio:

Ministro das Comunicações Fábio Faria

Parabenizo a Qualcomm Technologies e a Intelbras pela iniciativa de produzir dispositivos 5G que irão contribuir para a implementação e adoção da nova tecnologia no Brasil. A conectividade 5G como suporte para o futuro das telecomunicações é essencial para o desenvolvimento do nosso ambiente de negócios, além de revolucionar diversos setores da indústria e levar banda larga móvel de altíssima potência e baixa latência para empresas e residências, proporcionando a inclusão digital de milhões de brasileiros.

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações Marcos Pontes

É uma iniciativa excelente para o país o desenvolvimento de um dispositivo CPE 5G e Wi-Fi 6 totalmente produzidos no Brasil e com a tecnologia de duas grandes empresas como a Intelbras e Qualcomm. De fato, a iniciativa nos posiciona na vanguarda da transformação digital e traz um grande avanço tecnológico para a evolução do ecossistema de expansão do 5G no País, além de estar alinhada com as metas do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação, que tem como objetivo fomentar a cadeia produtiva e a inovação digital, sendo mais uma consequência do trabalho que vem sendo realizado no âmbito da Câmara 4.0 do Plano Nacional de Internet das Coisas, envolvendo Governo, Academia e Indústria.

Leonardo Euler de Morais, Presidente da Anatel

“A iniciativa não poderia vir em momento mais oportuno. A Anatel está empenhada em disponibilizar no próximo Edital um amplo leque de insumos de radiofrequência, e, assim, possibilitar a chegada dos novos modelos e soluções de conectividade da próxima geração tecnológica. Nesse sentido, a colaboração entre Qualcomm Technologies e Intelbras representa um passo importante para o desenvolvimento de um ecossistema de produtos e equipamentos para conectividade 5G que atendam às necessidades de nosso País”.

Claro

“A Claro saúda o pioneirismo e a inovação da parceria da Qualcomm Technologies e da Intelbras, iniciativa importante para fomentar o ecossistema de dispositivos e aplicações compatíveis com as redes móveis de quinta geração, complementando os investimentos que a operadora vem fazendo para implantar e evoluir essa tecnologia no nosso país”, afirma Paulo César Teixeira, CEO da unidade de consumo e PME da Claro.

Tim

Para Leonardo Capdeville, CTIO da TIM Brasil, a produção local de equipamentos para a futura rede 5G pode ajudar as operadoras a agilizar a implantação e desenvolvimento da infraestrutura, além de impulsionar a economia nacional voltada à tecnologia: “Recebemos com satisfação a notícia da colaboração da Qualcomm Technologies e Intelbras e acreditamos que todos os esforços para colocar em prática projetos 5G em grande escala são bem-vindos. A TIM trabalha com o 5G FWA desde o ano passado e investe na ampliação da oferta para atender à crescente demanda por serviços inovadores”.

Algar Telecom

Luis Antonio Andrade Lima, vice-presidente de tecnologia e inovação digital da Algar Telecom afirma: “É com grande satisfação que recebemos a notícia da colaboração da Qualcomm Technologies e da Intelbras para a produção de CPEs 5G e WI-FI 6 no Brasil, sem dúvida um passo importante rumo ao desenvolvimento nacional, essencial para atender à gigantesca demanda do Brasil por futuras redes 5G e Internet. Parabéns à Qualcomm Technologies e Intelbras pela conquista”.

Americanet

“Um dos principais motivos que justificam o rápido crescimento da Americanet se deve ao fato de ela reter nossos clientes oferecendo soluções inovadoras como diferencial competitivo. E por isso apostamos na tecnologia 5G e principalmente no serviço FWA, pois além de ser inovador, vai promover algo totalmente disruptivo, desenvolvendo novos setores até então não explorados, tanto no B2C como no B2B Verticais. A solução Wi-Fi 6 enfrentará uma nova demanda latente principalmente nas residências: qualidade do sinal Wi-Fi para alto consumo de tráfego de dados. Vemos a colaboração entre Qualcomm Technologies e Intelbras como muito promissora, que unirá o que há de mais moderno em tecnologia à capacidade de produção e distribuição da indústria brasileira para acelerar o desenvolvimento tecnológico do país”, afirma José Luiz Pelosini, vice-presidente da Americanet .

Highline

“A estratégia da Highline é disponibilizar uma infraestrutura neutra que seja explorada pelas operadoras de telecomunicações, sejam grandes ou pequenas. Acreditamos na democratização da conectividade como pilar para a inclusão e transformação da sociedade, e é fundamental que haja envolvimento de todo o ecossistema. Parabenizamos a Qualcomm Technologies e a Intelbras por mais essa iniciativa.”

Sobre a Qualcomm

A Qualcomm é a empresa inovadora líder global em tecnologia sem fio e também a força motriz por trás do desenvolvimento, lançamento e expansão do 5G. Quando conectamos o telefone à Internet, nasceu a revolução móvel. Hoje, nossas tecnologias fundamentais possibilitam a existência de um ecossistema móvel e são encontradas em todos os smartphones 3G, 4G e 5G. Trazemos os benefícios do celular para novas indústrias, incluindo automotiva, a Internet das coisas e a computação, e estamos abrindo caminho para um mundo em que tudo e todos podem se comunicar e interagir perfeitamente.

A Qualcomm Incorporated inclui nossos negócios de licenciamento, QTL e a grande maioria de nosso portfólio de patentes. A Qualcomm Technologies, Inc., uma subsidiária da Qualcomm Incorporated, que opera, juntamente com suas subsidiárias, todas as nossas funções de engenharia, pesquisa e desenvolvimento e todos os nossos negócios de produtos e serviços, incluindo semicondutores da QCT. Para mais informações, visite nosso site e páginas no blog, Twitter e Facebook.

Sobre a Intelbras

Empresa brasileira de capital aberto (INTB3) com mais de 45 anos no mercado, tornou-se referência em todo o Brasil nos segmentos de segurança, comunicação e energia e está presente em cerca de 98% dos municípios com potencial de consumo eletrônico no país através de seus distribuidores e revendedores. A Intelbras tem inovação no DNA e soluções tecnológicas que protegem, conectam, aproximam e transformam a vida das pessoas. O portfólio inclui soluções de alta tecnologia e inteligência artificial que permitem diversas aplicações em setores como empresas, condomínios, residências, agronegócio, cidades entre outros segmentos de negócio.

A empresa tem 9 unidades distribuídas pelo país: a matriz e duas filiais em São José/SC, duas filiais em Florianópolis/SC, uma filial em Santa Rita do Sapucaí/MG, uma filial em Manaus/AM, uma filial em Jaboatão dos Guararapes/PE e, ainda, uma em construção em Tubarão/SC.  Com mais de 5 mil colaboradores, a Intelbras exporta para diversos países da América Latina e está entre as melhores empresas para se trabalhar no Brasil há 17 anos. 

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.