Realme chega ao Brasil achando que a imprensa precisa falar do lançamento de um produto que nunca viu.

Assine nossa newsletter

Recebi hoje o release da chegada da Realme no Brasil. Isso porque provavelmente a empresa acha razoável falar de um produto novo para o público sem que o jornalista tenha sequer visto o aparelho.

Claro que alguns poucos veículos tiveram acesso e então seria melhor que a empresa focasse só nesses veículos para falar do lançamento. Seria mais coerente.

Assine nossa newsletter

Com adjetivos como “bateria enorme” e “experiência visual suprema” a empresa quer que jornalistas especializados em tecnologia como eu repassem essa visão a você leitor sem sequer ter visto o aparelho ou tocado nele.

Se você está considerando comprar o produto tome cuidado com as opiniões que você verá em outros veículos. Pode ser que eles estejam apenas reproduzindo, como a sua assessoria de imprensa pretende que aconteça, ou ainda tenham tido facilidades ao produto para eventualmente só falar bem.

Eu jamais falaria a você leitor de um produto novo, que chega ao Brasil e que sequer eu coloquei a mão nele. Recomendo muito cuidado ao optar pela marca.

E que feio uma empresa que se diz jovem e com a tagline ‘Dare to Leap’ fala para as pessoas se arriscarem, mas tem um comportamento de comunicação corporativa do século passado.

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.