Retrograde Arena é diversão retro garantida num jogo onde a física conta

Pude jogar uma versão de avaliação do game indie Retrograde Arena do estúdio Another Indie. Logo na primeira tela eu quis procurar onde coloca a ficha para jogar. Tanto os gráficos quanto a trilha do game te levam para a década de 80 onde o filme Tron (1982) mostrava o que se tinha de mais moderno da visão futurista da época.

Voltando para o presente o objetivo do game é pegar a sua navinha e matar seus inimigos mas não são os tiros que matam e sim as paredes de bloco que podem só te balançar ou te matar, ou seja, seu objetivo é jogar seu adversário num ponto vermelho do mapa enquanto você evita ser jogado lá.

A movimentação do game também é diferente. Pelo menos nos primeiros propulsores (é possível conseguir equipamentos mais potentes) a movimentação é bem lenta, o segredo é usar seu disparo para também te ajudar a andar pelo cenário. Não se engane com a aparente simplicidade apresentada pelo jogo, exige um tempo até pegar essa dinâmica.

O Game dá uma certa diversão sim, mas a jogatina frenética deve ficar muito boa com seus amigos no ambiente online onde a zoeira vai reinar no headset. Não dá pra piscar o olho de tão dinâmica que pode ficar a partida. E se você for jogar com a Inteligência artificial se prepare porque eles não dão moleza não.

É bom lembrar que eu joguei uma versão beta antes do pré-lançamento e por causa disso podem ocorrer ajustes até o lançamento. No meu caso não achei bugs, glitches ou travamentos, mas acho que a IA das primeiras partidas poderia oferecer uma experiência de aprendizagem mais gradual.

E na minha percepção a diversão mesmo vai acontecer no ambiente virtual sendo as partidas locais apenas para treinar jogadas e mecanismos.

Para conhecer mais visite a página do game no Steam: https://store.steampowered.com/app/1055210/Retrograde_Arena/

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar Leia mais

Nossa Política de Privacidade.