Tecnologia | Games | Filmes & Séries | Geek
Banner KTO

Riot Games apresenta case de crescimento da audiência do CBLOL durante o Sports Summit Brasil

Dados da Pesquisa Game Brasil mostram que mais de 80% da população considera que os jogos estão entre suas principais formas de diversão. O hábito de consumo do brasileiro passa não apenas por jogar como também por assistir gameplays e campeonatos – o que se reverte para números de audiência crescentes ano após ano. 

O Brasil é um país prioritário para a Riot Games no mundo: o CBLOL é a liga que mais cresceu no ano frente às demais ligas da Riot Games. A primeira fase do Campeonato Brasileiro de League of Legends terminou em abril com um recorde de audiência: 459 mil espectadores simultâneos em plataformas de streaming.

Anúncios

Empresas parceiras como Mastercard, Santander, Heineken, Nestlé (com KitKat e Dolce Gusto), Coca-Cola e, mais recentemente, Sanofi com sua marca carro-chefe Dorflex, formam o atual hall de patrocinadores do CBLOL. As marcas têm, no campeonato, uma plataforma potente de entrega junto a um público muito específico, o gamer.

“Na nossa Arena, onde acontecem os jogos do CBLOL, sempre temos ativações e experiências aos nossos fãs e jogadores. E durante a final do campeonato, quando buscamos outros lugares como no ano passado em Recife, por exemplo, fazemos atrações como shows de abertura e de intervalo. É uma forma bem inteligente de trabalhar com as marcas para esse tipo de público exigente”, comenta.

E para completar esse ecossistema competitivo, a Riot Games tem parceria com um time de influenciadores, que são jogadores e parte da fanbase, que reverberam a audiência e amplificam a exposição do produto CBLOL. “Estão jogando nosso jogo, levando para mais pessoas e criando toda uma rede de pessoas que acompanham sua jornada. Imagina você conseguir assistir um jogador de futebol de alto rendimento treinando e conversando com os torcedores no chat? É isso o que acontece! Criadores de conteúdo que jogam o LOL podem compartilhar muito mais com o seu próprio público”, explica.

Comentários estão fechados.

Esse site usa cookie para melhor sua experiência Aceitar