Rock of Ages 3: Make & Break tem diversão nonsense absurda

Assine nossa newsletter

O que pode dar de errado num jogo em que você é uma pedra em formato de lua com uma carinha engraçada e sua missão é destruir um castelo inimigo? Ou das dancinhas de luta iniciais de Rock of Ages 3: Make & Break?

Apesar de estar em sua terceira edição é a primeira vez que eu tenho contato com a franquia e confesso que de cara eu fiquei tentando entender a proposta e demorei um pouco pra sacar a pegada. Se você sentir a mesma coisa insista um pouco que a coisa deslancha e foque no tutorial.

É bom dizer que eu testei uma versão antecipada de preview e que até o lançamento podem ter mudanças ou melhorias, mas durante quase uma dezena de vezes que eu joguei eu não identifiquei bugs, ou glitchs ou qualquer outra coisa que atrapalhasse a experiência do game.

Mas afinal de contas o jogo é de que?

Num primeiro momento a gente poderia dizer que trata-se de um game de Tower Defense, mas ele é bem mais do que isso. No modo história há uma variedade incrível de possibilidades. Você pode tentar acertar um alvo, ou uma corrida contra o tempo ou ainda se defender.

A estética do game é muito peculiar, a trilha sonora impecável e em alguns mapas você acaba errando a curva ao admirar a paisagem hedonística nas laterais do mapa.

E não se espante com a premissa aparentemente descomplicada do game. Tem fases realmente difíceis e desafiadoras e vão exigir dezenas de tentativas até você entender o percurso e o melhor caminho para ele.

Nas fases onde você precisa defender a sua torre também leva um tempo até entender os mecanismos de defesa e como eles impactam no cenário. Ainda há a diversidade de bolas que vão sendo liberadas. Além da lua caruda você pode ser um balão de papel ou até uma abóbora de Halloween. E cada uma delas tem um comportamento diferente oferecendo mais velocidade, ou mais dificuldade de controlar.

Tantas variáveis garantem múltiplas possibilidades em cada mapa e também desafios diferenciados a cada nova escolha.

Modo Make e Multiplayer

E além do modo história o game apresenta o modo make, onde você pode criar o seu próprio mapa para desafiar os seus amigos ou ainda deixar disponível para que outros jogadores possam jogar.

As ferramentas de criação exigem um certo treino mas com o tempo você consegue fazer um mapa simples.

Primeiro você começa com um modelo simples e depois pode ir adicionando quase uma centena de itens.

Depois é só dar um player e testar com a bola de testes. É muito interessante ver a sua construção criando forma na sua frente.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE ROCK OF AGES 3: MAKE & BREAK

✓ Construir (e destruir) cenários: Inédita na série, a modalidade de edição, de fácil uso, permite construir e compartilhar seus próprios níveis, num potencial praticamente ilimitado de diversão e criatividade.

Assine nossa newsletter

✓ Tower Defense competitivo: No modo multiplayer, jogadores constroem suas defesas e correm para destruir as de seus oponentes em partidas com até 4 jogadores online ou 2 em partidas locais, com tela dividida.

✓ Pedra esmagadora no melhor estilo arcade: Com mais de 20 pedras bizarras à disposição, seis modos de diferentes de jogo e uma ação pra lá de arcade, o jogador percorre e atropela tudo o que estiver no seu caminho, o mais rápido que conseguir.

✓ Diversão absurda: No modo campanha, o jogador desfruta de uma longa, selvagem e hilariante história criada pela equipe da ACE Team — com aparições que envolvem desde César e Montezuma até Krampus e o Monstro do Espaguete Voador.

✓ Muitos modos de jogo: O jogador pode defender sua base no novo modo “Boulder Avalanche”, aperfeiçoar suas habilidades de rolamento no frágil modo “Humpty-Dumpty”, correr contra o tempo em “Time Trials” e até personalizar as regras de jogo no modo “Creator” para ter centenas de horas de diversão.

Primeiras impressões sobre o preview de Rock of Ages 3: Make & Break

Esta é ainda uma versão de preview e o game pode sofrer alterações até a data de lançamento. Mas o que pude ver até aqui estava bem redondo. É um jogo que entrega o quanto você investe nele com possibilidades de horas e mais horas de jogo seja no modo história ou nas imensas possibilidades da criação de mapas.

O jogo multiplayer on-line também deve garantir horas de diversão com os amigos. Do que vi até agora as trilhas sonoras são incríveis e belos cenários, além de cutscenes e sacadas criativas com uma pegada nonsense que trazem uma estética muito própria para o jogo.

Mas apesar da simplicidade de tudo não se engane. As fases do modo história são bem desafiadoras e exigem alguma prática para que você acerte os melhores movimentos ou entenda o mapa.

REQUISITOS PARA PC

MÍNIMOS:

• Processador e sistema operacional de 64 bits

• Sistema operacional: Windows 7/ 8.1/ 10 (64 bits)

• Processador: Intel Core i5-760 2.8 GHz / AMD Athlon X4 740 3.2 GHz

• Memória: 8 GB RAM

• DirectX: Versão 11

• Armazenamento: espaço disponível de 3 GB

RECOMENDADOS:

• Processador e sistema operacional de 64 bits

• Sistema operacional: Windows 7/ 8.1/ 10 (64 bits)

Processador: Intel Core i7-4771 3.5 GHz / AMD FX-9370 4.4 GHz

• Memória: 8 GB RAM

Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 970 (4 GB VRAM) / AMD Radeon RX 470 (4 GB VRAM)

• DirectX: Versão 11

• Armazenamento: espaço disponível de 3 GB

Assine nossa newsletter

Comentários estão fechados.